Famana Quisera marca mas seleção sub-17 perde com a Holanda

A Equipa das Quinas esteve em vantagem, mas formação laranja deu a volta e acabou por vencer (2-1) na partida a contar para a segunda jornada do 42.º Torneio Internacional do Algarve.

A Seleção Nacional Sub-17 estreia-se jogou este domingo o seu segundo encontro na 42.ª edição do Torneio Internacional do Algarve diante da sua congénere holandesa, depois de ter vencido a Alemanha (3-1) na sexta-feira.

Portugal até marcou primeiro, indo em vantagem para o intervalo, mas a Holanda conseguiu a reviravolta nos instantes finais do encontro.

Emílio Peixe em discurso direto
“Foi um bom jogo de parte a parte. Frente a frente estiveram duas equipas que se respeitaram mutuamente. A maior parte das coisas que fizemos foram muito bem feitas. Tivemos a infelicidade de sofrer um golo na parte final, mas, mesmo com pouco tempo para jogar, conseguimos criar mais duas ou três oportunidades para não perder o jogo. Os jogadores estão de parabéns pelo jogo de qualidade que fizeram e aproveitaram mais este momento para crescer enquanto equipa. Não gostamos de perder e por isso estamos chateados… irritados mesmo. Criámos oportunidades mais que suficientes para poder vencer diante de uma equipa que, é bom não esquecer, ostenta o título de campeão da Europa. Estamos prontos para, na próxima oportunidade, mostrarmos a nossa qualidade. Agora vamos ter mais um jogo de grande exigência. Neste torneio, com Alemanha, Holanda e Espanha, o objetivo era expor a nossa equipa diante de opositores muito fortes. Vai ser mais uma possibilidade de podermos crescer enquanto equipa e de vivenciar um jogo de grande exigência.”

Duelo ibérico na última ronda
A Equipa das Quinas joga a derradeira partida do Torneio Internacional do Algarve diante da sua congénere espanhola, na próxima terça-feira (12 de fevereiro), pelas 15h00, no Estádio Municipal da Bela Vista, no Parchal.

Ficha de Jogo
42.º Torneio Internacional do Algarve Sub-17 – 3.ª Jornada
Estádio Municipal de Albufeira

Árbitro: Jonas Weicknmeier (Alemanha).
Árbitros assistentes: Luís Diogo e Pedro Sancho (Portugal).
Quarto árbitro: João Bento (Portugal).

Portugal 1-2 Holanda (1-0, ao intervalo)

Portugal: Diogo Almeida, Filipe Cruz, Tomás Araújo – Cap., Rodrigo Rêgo, Rafael Rodrigues (Tomás Esteves, 74’), Tiago Ribeiro (João Daniel, 59’), Famana Quizera (Paulo Bernardo, 45’), Gonçalo Batalha, Bruno Tavares (Tiago Ferreira, 84’), Pedro Brazão (Leonardo Buta, 74’) e Tiago Tomás (Fábio Silva, 59’).
Suplentes não utilizados: Samuel Soares, Eduardo Quaresma e Daniel Rodrigues.
Treinador: Emílio Peixe.
Golos:  Famana Quizera (11′).
Disciplina: nada a assinalar.

Holanda: Tein Troost, Neraysho Kasanwirjo, Ian Maatsen, Tijs Velthuis (Melayro Bogarde, 62’), Daijiro Chirino, Million Manhoef (Dirk Proper, 8’ e Joost De Schutter, 74’), Daan Huisman (Mohamed Taabouni, 74’), Syb Van Ottele (Kenneth Taylor, 62’), Jeremy Antonisse (Soulyman Allouch, 74’), Naci Unuvar – Cap. e Abdel Belarbi (Sontje Hansen, 74’).
Suplentes não utilizados: Calvin Raatsie, Steven Van Der Sloot, Devyne Rensch e Anass Salah.
Treinador: Peter Van Der Veen.
Golos:  Naci Unuvar (79′) e Kenneth Taylor (90′).
Disciplina: cartão amarelo para Kenneth Taylor (84’) e Sontje Hansen (90+2’).

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.