Ex-técnico de Gonçalo Guedes no Valência sem dúvidas: “É um extraordinário reforço para o Benfica”

Em entrevista ao conhecido programa Bola Branca, da Rádio Renascença, o treinador espanhol Marcelino García Toral, que orientou Gonçalo Guedes no Valência, desdobrou-se em elogios ao mais recente reforço da águia.

«Gonçalo Guedes é um jogador de grande qualidade. Além disso, pode jogar em várias posições no ataque. É um extraordinário reforço para o Benfica» começou por declarar o técnico de 57 anos, com mais de 350 jogos na La Liga, sublinhando: «O Benfica é um clube que ele conhece perfeitamente. Está na sua terra, apoiado pela família e amigos, aspetos que poderão ajudar imenso, pelo que, estou certo que terá um excelente rendimento.»

Para García Toral, o Benfica, por se tratar de um clube que discute títulos e não apenas a permanência na Premier League como o Wolverhampton, clube que o cedeu ao líder da Liga portuguesa, é um destino excelente para que o internacional português consiga exibir toda a sua qualidade: «Ele pode render mais no Benfica que no Wolverhampton. É uma equipa mais adequada para ele, para a sua motivação e ambição, condições necessárias para dar o máximo rendimento. Tenho uma grande confiança no Gonçalo [Guedes], porque é bom jogador, parece-me um rapaz calmo e muito boa pessoa. Desejo o melhor para ele e acredito muito nas suas qualidades futebolísticas.»

Segundo o treinador que recebeu Gonçalo Guedes no Valência depois de este ter deixado o Paris Saint-Germain em 2017/2018, com apenas 21 anos na altura, por empréstimo (na época seguinte assinou, a título definitivo pelos che), a evolução do atacante tem sido notável: «Ele melhorou muito conforme a sua capacidade e juntou experiência. Quando chegou ao Valência já era um bom jogador e comigo teve um excelente rendimento, apesar de todas as dificuldades por várias lesões, que o impediram de dar continuidade quando estava num bom momento de evolução evidente. No último ano, em Valência, a jogar como segundo avançado, teve um rendimento extraordinário e foi um dos melhores jogadores da liga espanhola.»

Recorde-se que García Toral, com Gonçalo Guedes, no ano de estreia do português em Valência, conquistou a Taça do Rei ao derrotar, na final, o Barcelona (o português foi titular), por 2-1: para os blaugrana marcou o inevitável Leo Messi (73′), enquanto pela equipa che faturaram Kévin Gameiro (33′) e o antigo avançado do Benfica, Rodrigo (atualmente no Leeds).

O atacante, que se estreou recentemente pelo Benfica, a titular, brilhou nos encarnados ao ampliar a vantagem na deslocação à casa do Santa Clara, com um golo aos 80′ (2-0), partida que os líderes do campeonato venceram por três golos sem resposta.

Leave a Reply