Líber Benfica goleia no Pavilhão Fidelidade o Parede por 6-1

A equipa de hóquei em patins do Benfica soma e segue no Campeonato Nacional. O líder recebeu e venceu, no Pavilhão Fidelidade, o Parede, por 6-1, em jogo da 12.ª jornada da 1.ª fase da prova.

Entrada forte dos da casa, com dois golos em menos de cinco minutos. Pablo Álvarez, assistido por Lucas Ordoñez, inaugurou o marcador. Era o 1-0, aos 2′. Volvidos dois minutos, aos 4′, Lucas Ordoñez recuperou o esférico, arrancou que nem uma flecha e rematou para o 2-0. As águias estavam acutilantes e somavam várias soberanas oportunidades para aumentar a vantagem.

O Parede não conseguia atacar, mas, quando o fez, levou perigo. Aos 7′, a turma da Linha ganhou uma grande penalidade, mas João Alves permitiu a defesa a Bernardo Mendes. O Parede crescia na partida e aos 10′, num ataque rápido, Federico Balmaceda reduziu para 2-1.

Pablo Álvarez

Por esta altura havia mais equilíbrio em pista, com o jogo a ser disputado a bom ritmo. Aos 16′, numa combinação com Roberto Di Benedetto, Edu Lamas fez o 3-1. O Parede respondeu e aos 19′ quase reduziu. Rafael Lourenço introduziu o esférico na baliza, mas o tento foi anulado por patim na bola. Aos 23′, Diogo Rafael falhou uma grande penalidade a favor das águias. O jogo chegou ao intervalo com o Benfica a vencer, por 3-1, mas destaque para três bolas nos ferros da baliza do Parede, que podiam ter dado maior expressão ao resultado do primeiro tempo.

Na segunda parte, o Parede não conseguiu manter o ritmo evidenciado nos primeiros 25 minutos da partida e os comandados por Nuno Resende aproveitaram para disparar no marcador. Gonçalo Pinto fez o 4-1, aos 29′, e dois minutos depois, aos 31′, bisou após receber um passe açucarado de Roberto Di Benedetto.

Gonçalo Pinto

Só dava Benfica em pista e, aos 37′, Pablo Álvarez, servido por Nil Roca, fez companhia a Gonçalo Pinto e também bisou. Com o resultado em 6-1, destaque para três livres diretos no jogo, todos desperdiçados. André Gaspar falhou para os da Linha, aos 38′Lucas Ordoñez e Gonçalo Pinto, do Benfica, não foram eficazes, aos 43′ e 48′, respetivamente. O jogo chegou ao fim com triunfo encarnado, o 5.º seguido no Campeonato Nacional, por 6-1.

Os encarnados seguem líderes da classificação, com 33 pontos. No sábado há duelo, fora de portas, com o HA Cambra nos 16 avos de final da Taça de Portugal.

Equipa do Benfica
Benfica-Parede
6-1
Pavilhão Fidelidade
Cinco inicial do Benfica
Bernardo Mendes, Edu Lamas, Pablo Álvarez, Lucas Ordoñez e Nil Roca
Suplentes
João Seixas, Diogo Rafael, Poka, Roberto Di Benedetto e Gonçalo Pinto
Cinco inicial do Parede
Guilherme Pereira, Rafael Lourenço, José Costa, Ricardo Machado e João Alves
Suplentes
António Silva, Bernardo Pinto, Federico Balmaceda, Manuel Coimbra e André Gaspar
Ao intervalo3-1
Golos
Benfica: Pablo Álvarez (2′ e 37′), Lucas Ordoñez (4′), Edu Lamas (16′) e Gonçalo Pinto (29′ e 31′); Parede: Federico Balmaceda (10′)
Marcha do marcador
 1-0, 2-0, 2-1, 6-1

Leave a Reply