Ederson candidato ao “The Best” para a categoria de guarda-redes

A FIFA anunciou esta quinta-feira todos os candidatos aos prémios The Best, atribuídos aos jogadores e treinadores que mais se destacaram até dezembro de 2023. Foi também anunciado que a gala irá realizar-se a 27 de fevereiro, em Paris, onde jogam precisamente dois dos principais candidatos ao prémio de melhor futebolista: Lionel Messi e Kylian Mbappé.

O argentino e o francês, colegas de equipa no Paris Saint-Germain, defrontaram-se na final do último Campeonato do Mundo, com o primeiro a levar a melhor, estando, por isso, na ‘pole position’ para ganhar o troféu pela segunda vez, depois de ter superado Van Dijk e Cristiano Ronaldo em 2019.

O destaque que interessa aos benfiquistas vai para a nomeação de Ederson, guarda-redes formado pelo Benfica agora ao serviço do Manchester City, e que esteve no Mundial-2022 no Catar. Lista sem portugueses mas com um benfiquista.

Na lista de finalistas surgem mais dois jogadores do PSG: Hakimi, que foi com Marrocos a até aos quartos de final do Mundial, e Neymar, que esteve com o Brasil até aos oitavos de final.

O polaco Robert Lewandowski, vencedor das duas últimas edições, também está entre os candidatos, tal como o francês Karim Benzema, vencedor da Bola de Ouro que falhou o Mundial devido a lesão.

Na lista de candidatos ao prémio de melhor treinador estão também os dois selecionadores finalistas no Catar, Lionel Scaloni e Dider Deschamps, bem como o vencedor da última edição da Liga dos Campeões, Carlo Ancelotti (Real Madrid).

Lista de candidatos ao prémio de melhor jogador:

Julián Álvarez (Argentina/Manchester City)

Bellingham (Inglaterra/Dortmund)

Benzema (França/Real Madrid)

De Bruyne (Bélgica/Manchester City)

Haaland (Noruega/Manchester City)

Hakimi (Marrocos/PSG)

Vinicius Junior (Brasil/Real Madrid)

Lewandowski (Polónia/Barcelona)

Mané (Senegal/Bayern)

Mbappé (França/PSG)

Messi (Argentina/PSG)

Modric (Croácia/Real Madrid)

Neymar (Brasil/PSG)

Salah (Egito/Liverpool)

Lista de candidatos ao prémio de melhor treinador: 

Carlo Ancelotti (Real Madrid)

Didier Deschamps (França)

Pep Guardiola (Manchester City)

Walid Regragui (Marrocos)

Lionel Scaloni (Argentina)

Candidatos ao prémio de melhor guarda-redes:

Alisson (Brasil/Liverpool)

Ederson (Brasil/Manchester City)

Courtois (Bélgica/Real Madrid)

Emiliano Martínez (Argentina/Aston Villa)

Bono (Marrocos/Sevilha)

Candidatas ao prémio de melhor jogadora:

Aitana Bonmati (Espanha/Barcelona)

Debinha (Brasil/Kansas City Current)

Jessie Fleming (Canadá/Chelsea)

Ada Hegerberg (Noruega/Lyon)

Sam Kerr (Austrália/Chelsea)

Beth Mead (ING), Arsenal

Vivanne Miedema (Países Baixos/Arsenal)

Alex Morgan (Estados Unidos/San Diego Wave)

Lena Oberdorf (Alemanha/Wolfsburgo)

Alexandra Popp (Alemanha/Wolfsburgo)

Alexia Putellas (Espanha/Barcelona)

Wendie Renard (França/Lyon)

Keira Walsh (Inglaterra/Barcelona)

Leah Williamson (Inglaterra/Arsenal)

Candidatas ao prémio de melhor treinadora:

Sonia Bompastor (França/Lyon)

Emma Hayes (Inglaterra/Chelsea)

Bev Priestman (Inglaterra/seleção do Canadá)

Pia Sundhage (Suécia/seleção do Brasil)

Martina Voss-Tecklenburg (Alemanha/seleção da Alemanha)

Sarina Wiegman (Países Baixos/seleção da Inglaterra

Leave a Reply