Benfica garante presença na final eight após triunfo difícil sobre o Dínamo Sanjoanense

equipa masculina do Benfica garantiu a presença na final eight da Taça da Liga, neste sábado, 7 de janeiro, ao vencer o Dínamo Sanjoanense, por 3-4, em jogo disputado no terreno do 2.º classificado da Série Norte do Campeonato Nacional da II Divisão.

Foi aos 6′ que o Benfica abriu o marcador em São João da Madeira, com um remate de Bruno Cintra já dentro da área, em zona frontal, sem dar hipóteses a Babas (0-1), isto após algumas ameaças das águias.

A formação da casa, porém, não se intimidou e Pedro Gomes, em dois contra-ataques, fez outros tantos golos de rajada, aos 9′ e 10′, virando o marcador (2-1).

Coube a Chishkala a resposta com um tiro forte fora da área, após combinação com o pivô Jacaré, aos 12′ (2-2). No entanto, Pedro Gomes fez o hat-trick aos 17′, novamente dando sequência a uma transição rápida e eficaz dos da casa (3-2).

Ainda no mesmo minuto, Jacaré enviou a bola ao poste da baliza contrária e Bruno Cintra, aos 19′, fez Babas brilhar na sequência de um desvio a uns cinco metros do alvo. O resultado (3-2) ao intervalo refletiu a ineficácia das águias e a forma como o Dínamo Sanjoanense explorou as transições rápidas, além da intensidade que colocou no seu jogo.

Benfica-Ferreira do Zêzere

Mais agressivo na etapa complementar, o Benfica igualou o marcador por Rocha aos 22′, com o pivô a rodar da direita para o centro com eficácia, disparando forte e rasteiro (3-3). Os comandados de Pulpis voltaram a marcar, colocando-se na frente da contenda aos 30′, por Bruno Cintra (3-4).

Nos últimos oito minutos, em posse, o Dínamo Sanjoanense arriscou a utilização de um guarda-redes avançado, e o Benfica teve algumas claras oportunidades de golo. Mas, sem marcar, as águias sofreram nos últimos segundos, quando viram André Sousa a evitar, por duas vezes, a igualdade.

Benfica assegurou assim a presença na final eight da Taça da Liga, que se realizará em Gondomar, entre 26 e 29 de janeiro.

próximo encontro das águias está agendado para sexta-feira, 13 de janeiro, frente ao Sporting, no Pavilhão João Rocha, em jogo a 13.ª jornada da 1.ª fase da Liga Placard.

Benfica-Ferreira do Zêzere

DECLARAÇÕES

Pulpis (treinador do Benfica): “Faltou-nos intensidade, começámos bem, tivemos oportunidades, marcámos, mas depois relaxámos. Fomos penalizados pela eficácia do Dínamo Sanjoanense. Nunca esperámos chegar a uma situação limite como aquela a que chegámos, sofremos demais. Temos de jogar com outra intensidade se queremos vencer, pois quando o fazemos somos uma grande equipa.”

Bruno Cintra

Bruno Cintra (ala do Benfica): “O Dínamo Sanjoanense é uma equipa muito bem trabalhada, sabíamos que seria difícil. Faltou-nos um pouco de intensidade, mas o mais importante é o resultado. Queremos vencer esta prova, vamos focar a nossa atenção no Campeonato, agora frente ao Sporting.”

Dínamo Sanjoanense-Benfica
3-4
Pavilhão Municipal das Travessas
Cinco inicial do Benfica
Martim Figueira, Gonçalo Sobral, Lúcio Rocha, Diego Nunes e Jacaré
Suplentes
André Sousa, Rômulo, Bruno Coelho, Arthur, Chishkala, Bruno Cintra, Carlos Monteiro e Rocha
Cinco inicial do Dínamo Sanjoanense
Babas, Emídio Baptista, Sérgio Costa, Xavier Moreira e Nando Costa
Suplentes
João Neves, Nuno Neves, Chico Leitão, Bruninho, Pedro Gomes, Miguel Freitas e Tiago Silva
Ao intervalo3-2
Marcadores
Dínamo Sanjoanense: Pedro Gomes (9′, 10′ e 17′); Benfica: Bruno Cintra (6′ e 30′), Chishkala (12′) e Rocha (22′)

Leave a Reply