José Manuel Capristano defende que Enzo Fernández deve ir a jogo com o Portimonense

José Manuel Capristano, antigo dirigente do Benfica, falou sobre o caso Enzo Fernández, e tem uma opinião diferente da maioria dos sócios.

– Enzo Fernández viajou para a Argentina sem autorização e faltou a dois treinos do plantel. O que deve fazer o Benfica?
– É uma situação muito delicada, desagradável, desconfortável até. Ninguém imaginava que pudesse acontecer algo de semelhante e neste momento não tenho dúvidas de que o clube tem de penalizar o jogador. Aliás, teria de o penalizar por viajar para a Argentina sem estar autorizado, mesmo que não tivesse faltado aos treinos.

– Deve, então, deixar de jogar na próxima jornada, com o Portimonense?
– Não, isso não. Se não teve autorização e não cumpriu os regulamentos, deve ser penalizado, mas deixar de jogar é que não, já que isso seria uma dupla penalização para o Benfica. Deve ser multado e com uma coima que aleije, passe a expressão. Deve ser calculada a multa em função do que ganha, mas algo que seja doloroso em termos financeiros para o jogador. Caso o castigo passe por não ser utilizado quem é mais penalizado é o Benfica, a equipa de Roger Schmidt, porque perde um futebolista que tem sido determinante.

– Depois deste episódio, não está o Benfica obrigado a vender já Enzo?
– Olhe, o problema é entre o Benfica e o jogador e espero que se resolva rapidamente. Mas não será por isto que os interessados em contratar Enzo Fernández deixarão de estar interessados. Além disso, é importante sublinhar que caso não venda o jogador o contrato continuará vigente e, se jogar bem, excelente para ele; se jogar mal, o tal interesse de vários clubes é que pode diminuir um pouco.

– Mas não pode esta pressão fazer com que o Benfica aceite vender abaixo da cláusula?
– Não me parece. O Benfica vende se entender que o deve fazer. Na entrevista a A BOLA, o presidente Rui Costa diz que Enzo só sairá se baterem a cláusula de rescisão e é isso que deve acontecer. Não vai perder valor por isto e se está a ter rendimento o Benfica não está disposto a vender por menos. Eu acrescentaria apenas que pela cláusula e sem ser a prestações: fazer uma operação idêntica à que levou João Félix para o Atlético Madrid, que teve de pagar mais sete milhões de euros, mas o Benfica recebeu a totalidade. Tenho a máxima confiança em quem dirige os destinos do clube e certamente que a situação de Enzo Fernández ficará resolvida  em breve. 

Leave a Reply