Benfica efectuou jogo-treino com o Sevilha no Algarve que serviu para Roger Schmidt tirar ilações

Benfica e Sevilha defrontaram-se no Estádio Algarve, em encontro particular de preparação para o regresso à competição.

Na primeira parte houve grande equilíbrio e várias oportunidades para o Sevilha e Benfica, com Rafa Silva a demonstrar que a paragem para o Campeonato do Mundo não lhe retirou ritmo, tendo sido verdadeiro quebra-cabeças para a defensiva espanhola.

 No segundo tempo, Samuel Soares entrou para o lugar de Helton Leite e não teve qualquer hipótese no remate de Rakitic, enquanto no centro da defesa Lucas Veríssimo volto9u a ter minutos e Morato a demonstrar que é alternativa válida para a segunda metade da temporada.   

Aursnes teve também oportunidade de ganhar ritmo num jogo com alguma intensidade e no ataque Henrique Araújo por muito pouco não marcou, não tendo conseguido ser tão agressivo como Musa tinha sido nos primeiros 45 minutos.

Fica a primeira derrota da época para os encarnados, mas num contexto especial, em que o treinador Roger Schmidt estava bem mais preocupado em dar minutos a todos os seus jogadores do que em manter essa invencibilidade.

Leave a Reply