Alexander Bah realça a importância do Benfica na sua chamada para o Mundial

Alexander Bah foi um dos últimos jogadores a ser integrar a convocatória da seleção dinamarquesa para o Mundial 2022, e se a integrou, muito deve ao Benfica.

Quem o dizer é o próprio lateral-direito, que realçou ainda o papel de Roger Schmidt para conseguir estar no Qatar.

«Que papel tiveram o Benfica e o Roger Schmidt? Um papel enorme. Não estaria aqui neste momento se não fosse o Benfica. Os seis meses que estive no clube foram fantásticos. Desenvolvi-me muito lá, estou feliz e orgulhoso», começou por dizer aos jornalistas portugueses, citado pelo Record.

Bah falou depois sobre Gilberto e Grimaldo, dois jogadores que falharam as convocatórias de Brasil e Espanha, respetivamente.

«É difícil porque o Brasil tem muitos jogadores de nível mundial. Ele é bom jogador, mas há muitos que estão lá há muito tempo. É difícil», disse sobre Gilberto, com quem luta por um lugar no lado direito da defesa das águias.

«Não sei se ele já esteve na seleção, mas pensei que seria chamado, pela época que tem feito. Tem sido um dos nossos melhores jogadores», prosseguiu, sobre Grimaldo.

Alexander Bah, lateral do Benfica, falou de António Silva, defesa-central de apenas 19 anos que esta temporada se afirmou como titular indiscutível no Benfica e acabou por estar entre os 26 escolhidos por Fernando Santos para representar Portugal no Campeonato do Mundo.

«É uma loucura. É um miúdo espetacular e já disse a várias pessoas que, dentro de pouco tempo, vai ser um fora de série», disse Bah que está no Catar para disputar o Campeonato do Mundo com a seleção da Dinamarca.

Leave a Reply