Roger Schmidt: “Não gosto de fazer muitas mudanças no esquema de jogo”

Numa altura em que o Campeonato Nacional está parado, devido ao Mundial, o Benfica competirá este domingo na Taça da Liga, frente ao Estrela da Amadora. A partida está agendada para as 19h00 de 20 de novembro, no Estádio Dr. Magalhães Pessoa. Na conferência de Imprensa de antevisão ao jogo da 1.ª jornada do grupo C, Roger Schmidt referiu que a equipa encarnada está bem preparada, após treinos de “muita qualidade” nos últimos dias.

Forçado a mexer no onze que alinhou na última partida com o Gil Vicente, o treinador do Benfica tem confiança plena nas soluções que irá apresentar, diante de um adversário da II Liga, que não será desvalorizado, como garantiu. 

O Benfica estreia-se na Taça da Liga numa semana em que não pôde contar com vários jogadores, devido às presenças nas respetivas seleções. Como foi trabalhar a equipa? O que espera do jogo?

Foi uma semana muito boa. Tivemos treinos de muita qualidade e é especial jogar agora uma nova competição, enquanto decorre o Mundial, com muitos jogadores ausentes. A decisão de jogar a competição nesta fase foi tomada e há que aceitar. Vamos dar o nosso melhor nesta competição. Estamos na fase de grupos e vamos jogar com bons clubes de II Liga. Não vamos subestimar estas equipas e preparámo-nos muito bem. Vemos como algo positivo que outros jogadores possam ter minutos e estamos desejosos de jogar.

Benfica

Rafa não está com a Seleção no Mundial. Irá jogar, ou vai poupá-lo?

Não divulgarei o onze [durante a antevisão], mas nem pensei em ter Rafa no banco. Ele está num ótimo momento de forma e desejoso de jogar.

Como motiva a equipa para esta segunda fase época para jogar a Taça da Liga? E Aursnes e Draxler estão aptos?

A segunda fase da época começa quando voltarem todos os jogadores. Esta fase é um momento especial. Quase todos os jogadores estão aptos. Aursnes não estará neste jogo, mas todos os jogadores têm realizado treinos coletivos e estão aptos. Alguns vêm de lesão e teremos de ter alguns cuidados e perceber quanto tempo podem jogar. Estão todos aptos, com exceção de Fredrik [Aursnes].

Benfica

“Vamos dar o nosso melhor nesta competição. Estamos na fase de grupos e vamos jogar com bons clubes de II Liga. Não vamos subestimar estas equipas”

Roger Schmidt

Tem vários ausentes, em particular no meio-campo. Vai mudar a tática, em função disso?

Não temos Fredrik Aursnes, Paulo Bernardo e João Mário, mas teremos soluções. Não gosto de mudar muito, mas é preciso encontrar a abordagem tática indicada e tem sido vantajoso que os jogadores se tenham habituado às suas posições nos últimos tempos. Temos boas opções para o jogo. Teremos de mudar pelo menos seis jogadores, mas queremos jogar um futebol semelhante ao que temos vindo a praticar.

Preferia que houvesse uma paragem total das competições durante o Mundial?

Sim, teria sido melhor, até para a própria competição, porque desta forma, sem muitos jogadores, parece que se retira relevância à mesma. Isso não acontece com a Liga ou com a Taça de Portugal. Sei que o calendário é apertado e não é fácil encontrar a melhor fórmula, mas teria sido uma opção jogar noutra altura. Teria preferido isso, mas temos de aceitar a decisão e vamos dar o nosso melhor.

Leave a Reply