Muito Benfica deu show à Seleção da reta final da goleada lusa sobre a Nigéria

No último jogo de preparação da Seleção Nacional antes da partida para o Catar (amanhã), triunfo por 4-0 sobre a Nigéria, com duas estreias benfiquistas e a marcar golos, a ilustrar a superioridade lusa sobre a congénere africana.

A seleção visitante, orientada por José Peseiro, entrou melhor no jogo, com mais posse de bola, embora sem objetividade e demorou pouco para que Portugal tomasse conta das operações e começasse a criar ameaças concretas.

O primeiro golo surgiria, com toda a naturalidade, por Bruno Fernandes, aos 9’, que pouco antes havia já ameaçado inaugurar o marcador, assistido por Diogo Dalot, autor de brilhante trabalho, depois de ter sido projetado em profundidade por um não menos excelente passe de João Félix.

Mantendo a intensidade de jogo, foi com naturalidade que Portugal chegou ao 2-0, novamente assinado por Bruno Fernandes, de grande penalidade e com muita classe, a punir corte nigeriano ilegal, no interior da área, a cruzamento de Bernardo Silva.

Na segunda parte, Gonçalo Ramos, lançado para o lugar de André Silva, apontou o 3-0, aos 82’, logo a seguir a uma grande defesa de Rui Patrício (havia já brilhado aos 72′), desviando para o poste o penálti batido por Dennis para o poste direito, negando o 2-1 à Nigéria.

Volvidos dois minutos, Gonçalo Ramos assistiu João Mário, companheiro de equipa no Benfica, para fechar a contagem em 4-0.

Destaques para as estreias dos benfiquistas António Silva e de Gonçalo Ramos, que se exibiram em alto nível.

Leave a Reply