João Mário garante que chega ao Mundial na sua melhor forma de sempre

João Mário foi o primeiro porta-voz da Seleção Nacional na operação para o Mundial do Catar, com o tema Ronaldo, e a entrevista que deu, a ser tema inevitável.

«Estamos todos motivados, é com muito prazer estar cá, vamos começar da melhor maneira e já enfrentar o particular com a Nigéria. Sobre o Ronaldo há pouco a dizer, não é a primeira vez que um jogador chega à Seleção com problemas no clube, mas aqui é tudo anulado porque temos um objetivo coletivo, não há grande problema», começou por dizer.

Como blindar a equipa? Mais pressão para o próprio Ronaldo? «Não… não há muito a dizer, é outro grupo de trabalho, não traz mais pressão para os outros ou para ele, só o Mundial acarreta responsabilidades, não traz mais pressão a ninguém.»

Será o timing correto, o da entrevista? «Não acho que seja diferente, quando venho à Seleção as perguntas são quase sempre sobre o Ronaldo, as coisas giram à volta dele, por isso não é novidade para nós, nem para mim nem para nenhum companheiro nosso.»

Houve também uma pergunta do enviado do enviado da Sky Sports, sobre Ronaldo, a que João Mário respondeu em inglês. repetindo a ideia: «Ele está bem, sempre feliz na Seleção, vi-o ontem, está bem. Para ele é sempre um prazer estar aqui, está focado vai ser uma grande ajuda para nós»

As imagens não têm som ambiente, pelo que a interpretação ficou no ar, mas João Mário ofereceu o devido contexto:

«Tive a felicidade de estar lá no momento que que foram feitas essas imagens. Percebo o que podem suscitar, mas foi uma brincadeira entre eles: ele foi um dos últimos a chegar e o Cristiano perguntou se ele tinha ido de barco…(risos) Acredito que eles têm uma grande relação, são colegas de equipa, vocês viram um pequeno excerto.»

Foi a grande surpresa na lista de convocados de Fernando Santos para o Campeonato do Mundo. Terá António Silva capacidade para ser titular na Seleção Nacional? João Mário, companheiro de equipa do jovem defesa-central no Benfica, responde:

«Claro que sim. Todos os que foram convocados têm qualidade. Foi um jovem que se mostrou na equipa principal do Benfica no ano passado, tem todas as características para fazer uma grande carreira, é um jovem responsável e maduro. Está pronto para ajudar – seja a entrar de início ou durante o jogo – porque já jogou a este nível e tem todas as qualidades para o fazer da melhor maneira», disse João Mário em conferência de imprensa.

Em grande destaque num Benfica que segue invicto desde o início da temporada, João Mário assumiu que vive, aos 29 anos, o melhor momento da carreira.

«Sim, sem dúvida – atravesso o melhor momento. Comparação com 2016? Era muito novo não tinha tanta experiência. Agora sinto-me mais confiante para ajudar Portugal no que for necessário», disse o médio que sagrou campeão Europeu com Portugal em 2016.

Questionado se este Mundial chega no melhor momento: «É sempre relativo, não gosto de futurologia nem de pensar como seria no final da época. As coisas são como são. O Mundial é agora e estou feliz por ser convocado.»

Apesar de ter entre os convocados dez jogadores que vão estrear-se em fases finais, João Mário acredita que Portugal tem condições para lutar pelo título no Campeonato do Mundo que arranca no próximo dia 20 de novembro, no Catar.

«Eu acredito que a Seleção é o momento. Os dez jogadores estreantes chegam aqui como fruto do trabalho que fizeram nos clubes. Os mais experientes passaram-lhes uma mensagem de confiança, de acreditar nas nossas ideias. Para ganhar títulos é preciso ter um grande grupo e Portugal tem uma Seleção que nos faz sonhar. Todos acreditamos que é possível conquistar este Mundial», diz o médio do Benfica em conferência de imprensa, assegurando que essa ideia já circula há algum tempo no seio da Seleção:

«Não é uma conversa de agora, já falámos disso durante a qualificação. Todos sabem qual é o objetivo. A partir do momento em que ganhas um Europeu e uma Liga das Nações sabemos que podemos conquistar o Mundial. Não queremos só participar, queremos também ganhar. É uma conversa entre nós, sabemos que é difícil, mas vamos tentar.»

Leave a Reply