Renato Sanches saltou do banco para marcar na goleada parisiense sobre o Auxerre

O Paris Saint-Germain recuperou a vantagem de cinco pontos no topo da classificação da liga francesa com uma goleada de mão cheia, no Parque dos Príncipes, ao Auxerre (5-0), em jogo da 15.ª jornada da Ligue 1, a última antes da interrupção para o Mundial2022. Nuno Mendes fez duas assistências e Renato Sanches saltou do banco para marcar o quarto dos parisienses.

Com os mundialistas Nuno Mendes e Danilo Pereira no onze inicial e com Vitinha e Renato Sanches no banco, a equipa comandada por Christophe Galtier adiantou-se no marcador aos 11 minutos, com um golo tão simples, como a qualidade do plantel da equipa francesa: Messi picou a bola sobre a defesa contrária, Nuno Mendes destacou-se sobre a esquerda e cruzou para a finalização fácil de Mbappé.

Uma vantagem curta ao intervalo, mas rapidamente aumentada no início da segunda parte, com mais dois golos de rajada. O primeiro aos 51 minutos, com mais uma assistência de Nuno Mendes que, rodeado por três adversários, serviu Soler com classe. Logo a seguir, aos 57, foi a vez de Soler destacar Hakimi para o terceiro do PSG.

Já com uma vantagem confortável, Galtier lançou para a contenda Renato Sanches, Pablo Sarabia, Ekitike e Kimpembe e o internacional português, fora das escolhas de Fernando Santos, fez-se logo notar, com o quarto golo, aos 81 minutos, a passe de Ekitike que acabou por marcar o quinto três minutos depois.

Um autêntico passeio para o PSG que vai agora ter praticamente todo o plantel a caminho do Qatar para o Mundial2022.

Leave a Reply