Roger Schmidt: “Fomos pacientes e acabámos por marcar. Um golo chegou porque defendemos muito bem”

Roger Schmidt fez a análise à vitória (1-0) do Benfica no Estoril, que valeu o apuramento para os oitavos de final da Taça de Portugal. Apenas na segunda parte David Neres desatou o nulo no marcador e o alemão admite que faltou maior eficácia à equipa para resolver o jogo mais cedo.

«Podíamos ter facilitado a nossa vida, na primeira parte tivemos várias oportunidades mas não fomos eficientes e desperdiçámos. Falámos sobre isso ao intervalo, mas acho que a equipa demonstrou boa mentalidade. Fomos pacientes e acabámos por marcar. Um golo chegou porque defendemos muito bem, fomos disciplinados e não demos chances ao adversário para marcar», comentou Roger Schmidt, admitindo que a expulsão de Francisco Geraldes, no início da segunda parte, foi fator facilitador para os encarnados.

«Claro que é mais fácil jogar contra 10 do que contra 11, mas havia 0-0. Tivemos de ter cuidado com o contra-ataque. Já estou há alguns meses em Portugal e sei que as equipas podem sempre defender-se muito bem, seja com 10 ou com 11», completou.

Roger Schmidt responde sobre a possibilidade de ver Florentino, João Mário, António Silva e Gonçalo Ramos no Mundial

Questionado sobre a convocatória de Portugal para o Mundial, que será anunciada esta quinta-feira por Fernando Santos, Roger Schmidt jogou à defesa. O alemão considera que a Seleção tem um enorme leque de opções e, por isso, não será certo que Florentino, João Mário, António Silva e Gonçalo Ramos, todos nos 55 pré-convocados, possam ir ao Catar.

«Todos eles são muito bons jogadores mas, como já disse algumas vezes, tenho muito respeito pelo selecionador nacional. É alguém com muita experiência e a decisão é só dele. Há muito bons jogadores portugueses e é ao selecionador que compete encontrar a equipa ideal para o Mundial. Eu respeito-o e sei que tomará boas decisões», disse Roger Schmidt em conferência de imprensa.

Gonçalo Ramos não foi opção para o jogo na Amoreira, diante do Estoril, para a Taça de Portugal, tal como já não havia sido para o encontro da Liga, no domingo, e Roger Schmidt deu conta da situação clínica do avançado.

«O Gonçalo Ramos está melhor do tornozelo mas, infelizmente, adoeceu. Está doente mas esperamos que possa estar connosco no domingo, contra o Gil Vicente», disse o alemão, apontando ao duelo com a equipa de Barcelos, o último da Liga antes da paragem para o Mundial.

Leave a Reply