Pedro Pichardo renovou o vínculo com o Benfica a pensar na olimpíadas de Paris em 2024 e diante

Campeão Olímpico, Mundial e Europeu do triplo salto, Pedro Pichardo renovou o vínculo com o Sport Lisboa e Benfica, um contrato multianual que inclui o ciclo olímpico de Paris 2024 e a ambição para o ciclo seguinte.

Foi um Pedro Pablo Pichardo orgulhoso e grato, muito grato, aquele que falou aos órgãos de Comunicação do Clube após a renovação de contrato, um momento de felicidade para um atleta de topo e que não esquece tudo o que passou para o conseguir e quem esteve sempre ao seu lado, permitindo que os sonhos se traduzissem em realidades… o mesmo que dizer, marcas batidas, títulos e medalhas após medalhas.

Quando assim é, a resposta à pergunta “o que se sente num momento destes” é simples e vem lá do fundo, de onde só quem sabe que o sucesso dá mesmo muito trabalho pode sentir

O Benfica é a minha casa! Continuar em casa é uma honra, foi o Benfica quem me apoiou quando tomei a decisão de sair do país onde nasci, e tem-me apoiado para que eu continue ao mais alto nível. Para mim, é uma grande honra e sinto-me muito feliz”, afirmou de forma taxativa e emocionada.

Pedro Pichardo com o Presidente Rui Costa

“O Benfica é a minha casa! Tem-me dado tudo e apoiado. Para mim, renovar é uma grande honra e sinto-me muito feliz!”

Pedro Pichardo

O Benfica tem-me dado tudo e todas as condições para eu conseguir atingir os resultados que tenho obtido. Sinto-me em casa, em família! Desde que cheguei a Portugal, o Benfica tem-me apoiado desde o primeiro dia”, acrescentou o saltador.

Desafiado a eleger os melhores momentos desde que ingressou no Clube, a escolha foi difícil… mas há dois muito especiais!

“São muitos momentos bons e é difícil escolher, mas lembro-me de quando cheguei, fui apresentado e entrei no relvado, e também de quando conheci o Presidente Rui Costa“, recordou.

E o que falta ao Campeão Olímpico, Mundial e Europeu?

“Quero continuar a somar e a revalidar os títulos que ganhei. Quero continuar a ganhar títulos para o Benfica e para o País. Ainda tenho uma pequena dívida comigo, alcançar o recorde do mundo, e vou trabalhar muito para o conseguir”, explicou Pichardo, apontando aos 18,29 metros, uma marca que pertence a Jonathan Edwards desde 1995. Difícil? Sim! Impossível? Nem pensar!

Pedro Pichardo

“Sou muito competitivo e muito ambicioso. Quero continuar a ganhar títulos para o Benfica e para o País”

Pedro Pichardo

Ora, Pedro Pichardo renovou com o Benfica, um contrato multianual que inclui o ciclo olímpico de Paris e a ambição para o ciclo olímpico seguinte, e a questão impõe-se: como se motiva um atleta que já ganhou tudo?

“Sou muito competitivo e muito ambicioso no desporto e, até acabar a minha carreira, quero continuar a alcançar títulos europeus, mundiais e olímpicos, e trazê-los para o Benfica e para o País”, atirou vincadamente e sem dúvidas.

Leave a Reply