Benfica foi a Braga esmagar o ABC para a 6.ª jornada do Campeonato Nacional de Andebol

equipa de andebol do Benfica visitou e venceu o ABC Braga, por 23-36, na tarde deste sábado, 29 de outubro, em jogo da 6.ª jornada do Campeonato Nacional. Este foi o sexto triunfo das águias, que seguem invictas na prova!

Iniciada a defesa do título da EHF European League com uma vitória, a equipa de andebol do Benfica mudou o chip e concentrou-se no Campeonato Nacional. Pela frente, a jovem e irreverente formação do ABC Braga, na sempre complicada deslocação ao Minho. À 6.ª jornada, nenhum dos conjuntos conhecia o sabor da derrota na prova.

Eficácia defensiva e acerto no remate resumem aquilo que foi a exibição dos comandados de Chema Rodríguez na primeira parte. Ainda que tenham entrado em desvantagem (1-0), os encarnados deram a volta ao resultado num ápice e decorridos cinco minutos do início da partida ganhavam por 1-4. Mantendo o registo acutilante, o Benfica chegou à vantagem por 10 golos (3-13) e, sem surpresas face à exibição feita, saiu para o intervalo a vencer por 9-21.

Leandro Semedo

Na segunda metade a tónica não se alterou e só deu Benfica! Embalados e sem permitir aproximações, os encarnados suplantaram os minhotos no Pavilhão Flávio Sá Leite e fecharam o encontro em 23-36.

Com este resultado, o Glorioso mantém-se no cume da tabela classificativa com 18 pontos.

As águias tornam a jogar no dia 1 de novembro, terça-feira, desta feita em partida da EHF European League, frente ao Frisch Auf Göppingen. O jogo, referente à 2.ª jornada do grupo A, disputa-se às 17h45, no Pavilhão n.º 2 da Luz.

ABC-Benfica andebol
ABC Braga-Benfica
23-36
Pavilhão Flávio Sá Leite
Formação inicial do Benfica
Sergey Hernández, Jonas Källman, Petar Djordjic, Ádám Juhász, Bélone Moreira, Ole Rahmel e Paulo Moreno
Suplentes
Gustavo Capdeville, Martim Ferraz, Carlos Martins, Alexis Borges, Ander Izquierdo, Arnaud Bingo, Leandro Semedo, Tadej Kljun e Guilherme Cabral
Ao intervalo9-21
Marcadores do Benfica
Jonas Källman (6), Ole Rahmel (5), Bélone Moreira (4), Carlos Martins (4), Petar Djordjic (4), Paulo Moreno (3), Ander Izquierdo (3), Arnaud Bingo (3), Ádám Juhász (2), Alexis Borges (1) e Leandro Semedo (1)

Leave a Reply