Benfica esteve perto de chocar Europa do futebol mas Bayern virou jogo com golo aos… 98 minutos

O Benfica foi derrotado pelo Bayern Munique (2-3), numa partida da 2.ª jornada do Grupo D da Liga dos Campeões, realizada na noite desta quinta-feira, no Benfica Campus, no Seixal.

E, foi, pode dizer-se com toda a propriedade, um desaire bastante amargo. Tudo porque as encarnadas estiveram a vencer por 2-0, mas, na parte final, acabaram por não conseguir suster o ímpeto das germânicas e acabaram por sofrer dois golos já dentro dos últimos 10 minutos.

As águias inauguraram o marcador aos 42 minutos, quando Cloé Lacasse, depois de receber um excelente passe de Kika Nazareth, tirou um cruzamento com conta, peso e medida para o centro da área, onde apareceu Nycole Raysla que, com um remate de primeira e de pé esquerdo, abriu o ativo e levou as comandadas de Filipa Patão em vantagem para o intervalo.

Já na etapa complementar, aos 59 minutos, Cloé Lacasse deu ainda maior conforto ao Benfica: o remate cruzado da internacional canadiana contou com a enorme colaboração de Maria Grohs (a bola passou entre as mãos da guarda-redes do Bayern Munique, lance que na gíria se convencionou chamar de… frango!) e anichou-se no fundo das redes.

Tudo corria de feição ao conjunto português, mas o pior ainda estava para vir. Maximiliane Rall, aos 68 minutos, teve cabeça para corresponder a um pontapé de canto cobrado à esquerda por Carolin Simon e reduziu a desvantagem. Que haveria de ser mesmo anulada cerca de um quarto de hora depois, fruto de um remate à entrada da área de Georgia Stanway.

Apesar de a partida estar já dentro dos 10 minutos finais, ainda haveria muito por contar. Aos 87′, Jéssica Silva foi derrubada à margem das leis dentro da grande área contrária e, como tal, o Benfica beneficiou de um penálti. Porém, na transformação do castigo máximo, Ana Vitória permitiu a defesa a Maria Grohs.

E como um mal nunca vem só, já em período de compensação, ou melhor, no último dos 8 minutos dados pela equipa de arbitragem, Georgia Stanway voltou a encher-se de fé, em zona frontal, e bateu Katelin Talbert pela terceira vez. Balde de água gelada no Seixal!

Com este desaire, o segundo em dois jogos, o Benfica mantém o último lugar do Grupo D, ainda sem qualquer ponto somado, ao passo que o Bayern Munique, que somou mais uma vitória na prova, reparte a liderança com o Barcelona (ambos com 6 pontos).

Na próxima jornada, a 3.ª, o Benfica vai voltar a jogar em casa, desta feita diante do FC Rosengard (Suécia), num duelo agendado para o próximo dia 24 de novembro, às 20 horas.

Leave a Reply