Sub-19 voltam a perder e fracassam objectivo de passar à próxima fase

Benfica-Juventus, jogo da 5.ª jornada do grupo H da UEFA Youth League no Campo n.º 1 do Benfica Campus. As águias marcaram dois golos sem resposta na primeira parte, mas depois, no segundo tempo, a equipa italiana virou o jogo e o resultado, vencendo por 2-3. Com este desenlace os encarnados já não têm possibilidade de apuramento para a próxima fase da competição.

Luís Araújo

DECLARAÇÕES

Luís Araújo (treinador do Benfica): “Assumir, em primeiro lugar, que este foi um objetivo não cumprido. As responsabilidades são todas nossas, e eu, como líder da equipa, assumo-as na totalidade. Queríamos passar a fase de grupos e não conseguimos. Com a importância que o Clube dá a esta competição, não é possível uma equipa do Benfica não conseguir pelo menos pontuar em casa. Tivemos três derrotas em casa, assumo que esta edição da Youth League foi um fracasso. Em relação a este jogo, entrámos muito bem, conseguimos fazer o que pensámos, pôr em risco o jogo da Juventus, assumir o controlo e marcar golos. Na segunda parte tentámos manter esse nível, mas o primeiro golo da Juventus ditou a capacidade dos nossos jogadores, porque todos eles sabiam da importância deste jogo e acho que acusámos muito esse golo. Não tivemos força anímica, controlo, não fomos suficientemente competentes para dar a volta ao contexto daquele primeiro golo. A partir daí fomos penalizados, correndo atrás [do resultado] muito mais com o coração do que com a cabeça. A equipa da Juventus foi mais forte porque marcou três golos. Parabéns à Juventus, porque é uma grande equipa e porque nós não fomos competentes o suficiente.”

Benfica-Juventus
2-3
Benfica Campus (Campo n.º 1)
Onze do Benfica
André Gomes, João Tomé (José Marques, 65′), Jevsenak, Tiago Coser, Diogo Spencer (Iuri Moreira, 80′), Nuno Félix (João Veloso, 74′), Cher Ndour, João Neves, Hugo Félix (João Rego, 80′), Moreira Jr. e Luís Semedo (Franculino Djú, 74′)
Suplentes
Marcel Mendes, Hugo Faria, João Veloso (74′), João Rego (80′), José Marques (65′), Iuri Moreira (80′) e Franculino Djú (74′)
Onze da Juventus
Daffara, Valdesi (S. Turco (46′), Dellavalle, Huijsen, Rouhi, Hasa, Boende (Maressa, 83′), Ripani (Doratiotto, 46′), Mbangula, N. Turco (Mancini, 74′) e Yildiz (Anghelè, 90′)
Suplentes
Scaglia, Doratiotto (46′), S. Turco (46′), Domanico, Anghelè (90′), Maressa (83′) e Mancini (74′)
Ao intervalo2-0
Árbitro
Genc Nuza (Kosovo)
Golos
Benfica: Hugo Félix (28′) e Luís Semedo (31′); Juventus: Mbangula (48′) e Hasa (64′ gp e 79′)

Leave a Reply