Benfica venceu novamente o Dynamo Apeldoorn e passa à fase seguinte da Champions

Benfica venceu o Dynamo Apeldoorn por 3-0, nesta quarta-feira, 12 de outubro, no Pavilhão n.º 2 da Luz, em jogo da 2.ª mão da ronda 2 da Liga dos Campeões de voleibol, assegurando assim a presença na próxima fase da competição, onde ainda aguarda por adversário.

A formação neerlandesa entrou melhor no encontro, desinibida e sem nada a perder após a derrota em casa na 1.ª mão, e construiu um 6-11 com facilidade, beneficiando de algum desacerto das águias nos momentos ofensivos. Os erros no ataque mantiveram o jogo até aos 10-14, porém, os comandados de Marcel Matz, conseguiram virar o set para os 15-14.

No entanto, os forasteiros voltaram a disparar no marcador, levando o parcial para o set point, com um 21-24. Então, as dificuldades criadas pelo serviço em força de Rapha permitiram às águias igualar o jogo a 24 pontos. Daí em diante, com o Benfica mais vezes na dianteira e com maiores possibilidades de fechar o set, o mesmo acabou nos 31-29 (1-0).

Benfica-Dynamo Apeldoorn

No segundo set o Benfica não deu nenhuma hipótese à formação visitante, impondo o seu bloco e a força do ataque. Foi nos 13-10 que as águias começaram a disparar no marcador, fechando o parcial em 25-16 (2-0), resultado que permitiu, desde logo, assegurar a presença para a 3.ª ronda de qualificação para a fase de grupos da Liga dos Campeões.

Com o desfecho da eliminatória definido, o técnico Marcel Matz promoveu a rotação de alguns elementos da sua equipa, sem que isso impedisse que as águias controlassem o derradeiro set, distanciando-se a partir dos 13-10 até aos 25-21 finais (3-0).

Benfica-Dynamo Apeldoorn

O Benfica aguarda agora o desfecho da eliminatória entre o SK Zadruga (Áustria) e o Sastamala (Finlândia), que disputam nesta quinta-feira, 13 de outubro, às 16h30 de Portugal continental, a 2.ª mão da 2.ª ronda, após a vitória dos austríacos por 3-2 na 1.ª mão.

A partida da 1.ª mão da 3.ª ronda de qualificação da Champions está agendada para 19 de outubro.

Refira-se que as águias defrontam o Nun’Álvares, neste sábado, 15 de outubro, às 19h00, no Pavilhão n.º 2 da Luz, em duelo da 2.ª jornada da 1.ª fase do Campeonato Nacional. 

Benfica-Dynamo Apeldoorn

DECLARAÇÕES

Marcel Matz (treinador do Benfica): “Foi um jogo complicado, no primeiro set entraram [Dynamo Apeldoorn] com um serviço muito forte. Sofremos sete pontos diretos. Conseguimos equilibrar e vencer o primeiro set, aí colocámos pressão na equipa contrária e tivemos mais facilidades, com um jogo mais controlado. Temos um grupo muito competente. Todos os jogadores são muito capacitados tecnicamente. Foi bom a presença de público numa quarta-feira. Daremos sempre tudo e contamos com o apoio de todos.”

Benfica-Dynamo Apeldoorn

Pablo Nathan (MVP do encontro): “Foi um jogo difícil, o favoritismo era nosso, mas defrontámos uma equipa nova, que tinha muita energia. Tivemos de nos adaptar ao jogo do tudo ou nada e segurar a pressão. Conseguimos dar a volta no primeiro set e melhorámos o nosso jogo no segundo e terceiro sets. Tenho melhorado o meu jogo e ganhei mais confiança. Tanto eu como a equipa estivemos bem. Foi um trabalho de equipa.”

Benfica-Dynamo Apeldoorn
Benfica-Dynamo Apeldoorn
3-0
Pavilhão n.º 2 da Luz
Formação inicial do Benfica
 Ivo Casas (L), Tiago Violas, Hugo Gaspar, Pablo Natan, Peter Wohlfahrtstätter, Lucas França e Rapha  
Suplentes
Bernardo Silva (L), Thales Falcão, André Lopes, Eduardo Brito, Bernardo Westermann, Aaro Nikula, Japa e Arthur Puron 
Formação inicial do Dynamo Apeldoorn
Lipke (L), Tijhuis, Hofman, Brilhuis, Boekhoudt, Gion-Ramon Martinez e Berkhout
Suplentes
 Niek Tijhuis, De Ruijter, Meijs, Bak, Bosma, De Vries, Van Cooten e Laane
1.º set2.º set3.º set
31-2925-1625-21

Leave a Reply