Gonçalo Ramos e o novo ADN “Made in Benfica”

Gonçalo Ramos tem sido um dos destaques do Benfica esta época, tendo ganho o lugar no onze titular de Roger Schmidt, e, no jogo em Paris, diante do PSG, o dianteiro das águias mostrou o inconformismo pelo resultado.

Ao contrário dos restantes jogadores, que festejaram o golo do empate, autoria de João Mário, junto à bandeirola de canto, o avançado, de 21 anos, foi buscar a bola após o penálti e de imediato correu para o meio-campo, como que dando uma mensagem de incentivo à equipa, quando faltava cerca de meia-hora para o final da partida no Parque dos Príncipes. Depois de já termos visto o mesmo vindo de António Silva, esta foi a vez do avançado algarvio exercer o mesmo acto. Este parece ser um novo paradigma no ADN “Made in Benfica”

Leave a Reply