Benfica repete presença na fase de grupos da Champions com sofrimento mas muita Lac(l)asse

Foi preciso sofrer muito mais do que era suposto, mas o Benfica apurou-se esta quarta-feira para a fase de grupos da Liga dos Campeões.

Na segunda eliminatória de acesso à competição máxima de clubes, as encarnadas superiorizaram-se ao Rangers, por 4-3 no agregado. 

Na Escócia, a equipa de Filipa Patão havia vencido por 3-2 e esta noite venceu por 2-1, após prolongamento.

Mas o Benfica, diga-se, podia facilmente ter vencido, dado o volume ofensivo que apresentou durante quase toda a partida. O desperdício foi muito e o Rangers, que quase não incomodou Rute Costa, conseguiu arrastar a decisão para o prolongamento, com um golo de Emma Watson aos 87 minutos.

Logo no início da meia-hora extra, no entanto, Cloé Lacasse não quis mais esperar, arrancou sozinha e fez o golo que recolocou, em definitivo, o Benfica em vantagem na eliminatória.

Já na segunda parte do prolongamento, Lúcia Alves foi expulsa e deixou as águias reduzidas a dez unidades, mas isso não impediu Jéssica Silva, a um minuto do fim, de fazer o 2-1 final.

O Benfica marcará assim presença na fase de grupos da Liga dos Campeões pela segunda vez consecutiva, e a segunda na história.

Leave a Reply