Enzo Fernández poderá ser a surpresa no onze da Argentina contra as Honduras

Enzo Fernández poderá ser titular no amigável contra as Honduras (sexta-feira), em Miami, e, desta forma fazer a sua estreia com a camisola principal da seleção A da Argentina, mas o selecionador Lionel Scaloni não abriu muito o jogo.

«Como todos os convocados, ele tem hipóteses de jogar. É importante que ele possa ter uma chance, está no grupo, pode contribuir com coisas como o Palacios, que não veio por causa de uma lesão. Vamos ver o que acontece», disse, avaliando em que posições pode ser útil:

«Creio que poderá ocupar as duas posições do meio se jogarmos com dois médios e nas três se jogarmos com médios. É um médio muito completo. Enzo é jogador do meio-campo e aí pode jogar em qualquer posição.»

Sem competição oficial até ao Mundial, em dezembro, e com apenas mais dois jogos para observar jogadores, o selecionador argentino deixou antever, ao mesmo tempo, que os jogos particulares com Honduras e Jamaica, ambos nos Estados Unidos, servirão para experiências.

«Vamos tentar nestes dois jogos fazer algo diferente, para o caso de também ser preciso no Mundial. Mas sempre respeitando a ideia que temos, porque esta equipa já mostrou como joga, independentemente dos nomes. Se há dúvidas não é na questão do rendimento, é no que vai ser preciso no Mundial. Mas é inútil falar nisso agora, porque ainda podem ocorrer lesões, quebra de rendimento. É Mundial, o sonho de todos, mas primeiro é preciso jogar nos clubes. É preciso jogar, estar disponível para o treinador do clube e depois pensar e estar disponível para o que vier», acrescentou.  

Leave a Reply