Benfica B reforçado goleou na recepção ao Sporting da Covilhã

Dois golos de Henrique Araújo, um de Rodrigo Pinho e outro de Henrique Pereira deram forma ao triunfo por 4-0 do Benfica B frente ao SC Covilhã neste domingo, 18 de setembro, no Benfica Campus, em jogo da 7.ª jornada da Liga 2. A entrada forte e determinada das águias desbloqueou o jogo, tornando-o tranquilo.

O técnico Luís Castro integrou Henrique Araújo, Rodrigo Pinho e Paulo Bernardo, além de Samuel Soares e Moreira Jr., no onze inicial, e aos 13 minutos as jovens águias já venciam por 2-0.

Primeiro foi Henrique Araújo, aos 9′, com um excelente trabalho individual dentro da área contrária, entre três defensores, a bater Bruno Bolas com um remate forte de pé direito (1-0). Quatro minutos depois, Henrique Pereira furou pela direita, cruzou para o centro da área dos serranos e Rodrigo Pinho, sem marcação, apenas teve de encostar (2-0).

Rodrigo Pinho

domínio e o controlo do encontro mantiveram-se até ao intervalo, assim como o resultado, pese a expulsão de Kukula, aos 38′, no lado dos serranos, devido à acumulação de cartões amarelos. Com menos uma unidade em campo, os forasteiros viram o encontro ficar sentenciado no início da segunda parte.

Henrique Pereira combinou com Rodrigo Pinho e surgiu dentro da área, pela direita, frente ao guardião contrário, batendo-o (3-0). Henrique Araújo acabou por fechar a contagem no período de descontos, com um cruzamento-remate sobre a direita, sem ângulo, ainda desviado por um defesa para o fundo das redes dos forasteiros (4-0).

Henrique Araújo

O avançado madeirense foi mesmo considerado o “Homem do Jogo”, num duelo em que as águias fizeram 22 remates (contra 7 do oponente) e registaram 56% de posse de bola nos 56 minutos de tempo útil de jogo.

DECLARAÇÕES

Luís Castro

Luís Castro (treinador do Benfica B): “Foi importante entrar no jogo e marcar, deu outro conforto e estabilidade. A equipa entrou muito bem, além desses dois golos teve mais algumas oportunidades para marcar. Baixámos no final da primeira parte, não criámos perigo, ajustámos ao intervalo e conseguimos uma vitória justa. Foi uma das melhores exibições da temporada. Estamos a crescer, é normal e a vinda de um ou outro jogador da equipa principal também ajuda.”

Henrique Pereira

Henrique Pereira (avançado do Benfica B): “Entrámos muito bem neste jogo, de uma forma demolidora, a pressionar o adversário e os dois golos serviram para nos dar confiança. O resultado ao intervalo deu para que na segunda parte geríssemos mais o jogo e nos momentos certos atacássemos a profundidade para ferir o adversário.”

Onze do Benfica B
Benfica B-SC Covilhã
4-0
Benfica Campus (Campo n.º 1)
Onze do Benfica B
Samuel Soares, João Tomé (Francisco Domingues, 61′), Lacroix, Bajrami, Rafael Rodrigues, Diogo Capitão (Jevsenak, 61′), Paulo Bernardo (Cher Ndour, 74′), Henrique Pereira, Moreira Jr. (Gerson Sousa, 68′), Rodrigo Pinho (Martim Neto, 68′) e Henrique Araújo
Suplentes
Pedro Souza, Ricardo Teixeira, Francisco Domingues (61′), Jevsenak (61′), Cher Ndour (74′), Martim Neto (68′), Pedro Santos, Gerson Sousa (68′) e João Resende
Onze do SC Covilhã
Bruno Bolas, Adams, Casagrande, Jaime (Beléa, 46′), Diogo Rodrigues, Zé Tiago (Aponza, 46′), Sergio Quintero (Dudu, 78′), Gilberto (Sena , 61′) Jorginho (Nuno Rodrigues, 70′), Gildo e Kukula
Suplentes
Vítor São Bento, Sena (61′), Perea, Cornélio, Aponza (46′), Beléa (46′), Nuno Rodrigues (70′), Fabrice Tamba e Dudu (78′)
Ao intervalo2-0
Árbitro
David Silva (AF Porto)
Golos
Benfica B: Henrique Araújo (8′ e 90’+3′), Rodrigo Pinho (13′) e Henrique Pereira (46′)
Boletim clínico Benfica B
Filipe Cruz (lesão no ligamento lateral interno do joelho direito)

Leave a Reply