Benfica aproveita desperdício dos rivais com goleada ao Marítimo na Luz

O Benfica de sonho de Roger Schmidt mantém-se invicto na Liga, destruindo, desta feita, as ambições do Marítimo, por 5-0 (1-0, ao intervalo).

As águias estão sólidas na liderança da competição e aumentaram a vantagem para os rivais FC Porto (5 pontos) e Sporting (11), tendo atrás de si o SC Braga (joga esta noite), com o desfecho mais expressivo desde que o técnico alemão assumiu o comando da equipa.

Foi paciente o Benfica para chegar à baliza do Marítimo, tentando contrariar o compacto 4x4x2 dos madeirenses com investidas pela direita, meio e, principalmente, pela esquerda, com cruzamentos furtivos de Grimaldo.

As ameaças de golo surgiram cedo e foram mais efetivas por João Mario (minuto 24), Rafa (25) e Neres (26), antes de haver uma mudança no marcador, através de um episódio de desequilíbrio de Rafa, que contou com a ajuda inadvertida de Leo Andrade. O médio-ofensivo das águias passou pelo central contrário e recebeu a bola do brasileiro para se chegar a Miguel Silva e marcar o primeiro golo do desafio.

O conforto da vantagem foi materializado em novo golo logo após o intervalo, num lance genial de calcanhar de Gonçalo Ramos, a cruzamento tenso da direita de Bah.

A expressão de jogo das águias chegou a ser asfixiante, com Neres a obrigar Miguel Silva a defesa atenta.

A mesma eficácia não conseguiu ter o guardião dos madeirenses pouco depois e Gonçalo Ramos bisou na partida, num lance que partiu de um corte de António Silva, prosseguiu nos pés de Rafa, que colocou a bola no meio para o ponta de lança português finalizar com sucesso.

Novas situações de golo surgiram para o Benfica, mas valeu ao Marítimo a presença de Miguel Silva entre os postes.

O guardião dos insulares nada pôde fazer para evitar o 4-0 de David Neres, depois deste ter ficado na posse de bola à entrada da área, após Florentino ter incomodado a progressão de Lucho Vega.

Nova manifestação do poder ofensivo do Benfica surgiu por Draxler, num míssil disparado já dentro da área, após procura de espaço para o remate… Ficou o 5-0 registado no marcador.

Leave a Reply