Benfica venceu o GDESSA e conquista a Supertaça em basquetebol feminino

Começou a época oficial do basquetebol feminino, e começou muito bem! O Benfica, com mérito, qualidade e de forma incontestável, venceu o GDESSA (78-47) e, em Torres Novas, num Pavilhão repleto de Benfiquistas, conquistou a Supertaça!

Depois do pleno na época transata, a coroar um ano de excelência, o objetivo era claro: começar 2022/23 a vencer, dando aqui o primeiro passo numa caminhada que se deseja de consolidar da hegemonia encarnada na modalidade. E esse passo está dado… e bem dado!

Basquetebol

Num Palácio dos Desportos de Torres Novas com uma assistência muito positiva e com o Presidente Rui Costa e a equipa feminina de futsal nas bancadas em apoio às basquetebolistas encarnadas, Raphaella Monteiro marcou os primeiros dois pontos do encontro e deu o mote.

Minutos iniciais de conhecimento mútuo, alguns erros, nervosismo, e Joana Soeiro, aos cinco minutos, saltou do banco para assinar o seu primeiro triplo e dar ao Benfica quatro pontos à maior (10-6). A capitã mexeu com o desafio, trouxe confiança a um coletivo que se soltou e que a partir daqui não mais se deixou apanhar no marcador, exibindo-se com qualidade e classe em quadra. Ao cabo do 1.º quarto, 20-10, uma dezena de pontos a separarem os conjuntos… e que já eram escassos!

A toada manteve-se no segundo parcial, com as comandadas de Eugénio Rodrigues a apostarem no jogo organizado, mandando no ritmo e imprimindo a intensidade desejada, com muita vontade e entrega total. Com 29-12, e com seis minutos ainda para jogar até ao intervalo, Ricardo Oliveira parou o jogo para evitar o voo imperial das águias, mas este Benfica estava imparável37-16 no período de descanso, com as estatísticas a validarem a exibição: o Benfica vencia em todos os parâmetros.

Basquetebol

No reatar, surgiu um GDESSA a tentar reagir e a finalmente conseguir frutos do jogo exterior, mas foi sol de pouca dura. O Benfica cerrou fileiras, adaptou-se rapidamente à postura adversária e a um jogo mais rápido, começando a dilatar e a construir aqui um triunfo por números categóricos. No final do 3.º quarto, as águias venciam por 63-28… e ainda faltavam disputar 10 minutos!

Já com uma mão na Supertaça, Eugénio Rodrigues aproveitou para dar minutos às menos utilizadas e a qualidade manteve-se, com todo o coletivo a dizer “presente”. Até ao soar da buzina, Benfica inteligente, personalizado e com uma qualidade superior a gerir os números, que, juntamente com as estatísticas, evidenciam a superioridade em todos os parâmetros do duelo.

O Glorioso venceu por taxativos 78-47 (20-10, 17-6, 26-12 e 15-19), e venceu muito bem, erguendo assim a segunda Supertaça do seu palmarés. Está mais rico o Museu Cosme Damião!

DECLARAÇÕES

Basquetebol

Eugénio Rodrigues (treinador do Benfica): “Não esperava um resultado tão desnivelado, estamos numa fase de início de época e qualquer pequena coisa faz desequilibrar. Fomos mais consistentes e do ponto de vista mental abordámos o jogo de forma mais calma. Foi a grande diferença.”

Basquetebol

Joana Soeiro (capitã e MVP do encontro): “O resultado fala por si, independentemente disso é sempre bom ganhar. É um título de início de época, ganhava este jogo quem tivesse mais intensidade e vontade. Da primeira à última jogadora do Benfica houve uma entrega total e isso refletiu-se no resultado, pois praticamente todas as jogadoras pontuaram. Diz muito em relação à profundidade do nosso plantel.”  

Basquetebol
Benfica-GDESSA
78-47
Palácio dos Desportos de Torres Novas
Cinco inicial do Benfica
Darien Huff, Marta Martins, Carolina Rodrigues, Courtney Warley e Raphaella Monteiro
Suplentes
Joana Soeiro, Diana Baptista, Catarina Frederico, Carolina Cruz, Maria Cruz, Carolina Duarte e Joana Alves
Cinco inicial do GDESSA
 Erykah Russel, Maianca Umabano, Joana Lopes, Sara Ressurreição e Krystal Freeman
Suplentes
Madalena Pina, Rita Rodrigues, Patrícia Lourenço, Inês Capela, Britta Daub, Leonor Gonçalves e Nicole Quaresma  
1.º quarto2.º quarto3.º quarto4.º quarto
20-1037-1663-2878-47
Pontuadoras do Benfica
Darien Huff (12), Marta Martins (11), Carolina Rodrigues (7), Courtney Warley (10), Raphaella Monteiro (10), Joana Soeiro (9), Catarina Frederico (2), Carolina Cruz (11), Carolina Duarte (3) e Joana Alves (3)

Leave a Reply