João Mário deixou marca no orgulho dos adeptos da Juventus

João Mário foi substituído por Draxler aos 86’ minutos, já com o Benfica por cima do marcador, e deixou o relvado no papel de inimigo público número 1 da Juve, tal foi a despedida calorosa, para sermos simpáticos, com que foi brindado por mais de 30 mil adeptos da vecchia signora.

Foi um coro de assobios e de insultos destinados ao camisola 20 do Benfica por causa da forma como incendiou os ânimos nas bancadas ao festejar o empate que logrou já perto do apito para o intervalo, aos 43’, da marca dos 11 metros. Imune à pressão do momento, imperturbável na forma como se dirigiu à bola para praticamente fuzilar Perin, João Mário converteu o castigo máximo, colocou as duas mãos nas orelhas e festejou na direção da bancada dos adeptos da Juventus, como que a dizer-lhes ‘vá, falem agora…’.

Leave a Reply