Assistência de João Cancelo origina golo abismal de Haaland

O Manchester City recebeu e venceu o Dortmund (2-1), na segunda jornada do Grupo G da Liga dos Campeões. João Cancelo foi titular, Bernardo Silva foi lançado no segundo tempo e Rúben Dias não saiu do banco de suplentes.

A partida até começou melhor para o Dortmund, com Bellingham (56’), oportuno, a desviar um cruzamento de Marco Reus e a ameaçar a surpresa no Etihad. Contudo, o Manchester City, que até aos 70’ não tinha enquadrado nenhum remate com a baliza adversária, não se deixou ficar e reservou a emoção toda para os minutos finais.

John Stones (80’) marcou um golaço, com um remate de fora da área, numa jogada iniciada por João Cancelo. E os 84’, surgiu a traição de Erling Haaland. No reencontro com o antigo clube, o avançado norueguês respondeu de forma acrobática a uma trivela de Cancelo e marcou o golo da vitória.

Com este resultado, o Manchester City assumiu a liderança isolada do grupo com seis pontos, mais três que o Dortmund. Copenhaga e Sevilha ocupam as últimas posições, com um ponto cada um.

Leave a Reply