Roger Schmidt: “Muito orgulho por ser treinador do Benfica e não tenho nenhuma intenção de sair”

Roger Schmidt, treinador do Benfica, fez a antevisão do jogo a disputar no Minho com o Famalicão na 6.ª jornada da Liga Bwin.

Julian Weigl disse em entrevista que rumou ao Borussia Monchengladbach por sentir que a chegada de Roger Schmidt ao comando dos encarnados mudou o seu papel na equipa.

«É importante quando nos sentimos confortáveis e temos um treinador que valoriza os nossos pontos fortes. Não quero um treinador que faça de mim um Gattuso», disse, sublinhando, no entanto, que Schmidt nunca lhe disse que não contava com ele, apesar da pouca utilização. Convidado a comentar as palavras do jogador, o treinador alemão seguiu ideia do jogador de que se davam bem, e que foi o jogador que optou por sair.

«Não li a entrevista, mas o que posso dizer é que é um jogador top e boa pessoa. Tentei sempre ser honesto com ele, [mas] desde o início da pré-época que ele é que queria mudar, voltar para a Alemanha, foi decisão dele, e por mim tudo bem. Se tivesse ficado também OK por mim. Quando jogou, mostrou que encaixava no nosso estilo de jogo, por isso não posso dizer nada negativo sobre o Julian», comentou o treinador.

Roger Schmidt foi questionado sobre um alegado interesse do Chelsea, depois de Thomas Tuchel ter sido demitido.

«Acho que já disse aqui várias vezes que estou muito feliz aqui, sinto muito orgulho por ser treinador do Benfica e não tenho nenhuma intenção de sair deste clube fantástico. Não tenho nada a dizer sobre esses rumores.»

Tem dez vitórias em dez jogos, isso dá confiança?

«Sim, claro que temos confiança apoiados em vitórias, acreditamos no que fazemos em campo, mas como costumo dizer, temos de estar lá de novo amanhã, estar concentrados e mostrar que merecemos os três pontos. É um jogo fora, todos os jogos fora foram difíceis, mas os jogadores estão bem e queremos mostrá-lo novamente.

Pontos fortes do Famalicão: «Tem 5 jogos disputados, já mostrou que defende bem, mantém o adversário longe da área e é bom em transições. Não tem muitos golos, mas tem bons jogadores na frente. Penso que vamos ter mais posse de bola, mas temos de mostrar, controlar o contra-ataque.»

Gosta de manter o onze, mas vai ter de mudar devido às ausências de João Mário e Gonçalo Ramos [Ambos os jogadores foram expulsos por António Veríssimo no duelo com o Vizela (2-1), na Luz, por acumulação de amarelos]. Draxler está pronto para jogar?

«Já disse que precisamos do plantel todo para fazer uma boa temporada. Eu quis manter o mesmo onze nas últimas semanas, foi bom, mas agora temos um problema com as expulsões do último jogo. Tenho de que dizer que estes cartões amarelos/vermelhos não o foram, por isso ficamos sem os jogadores por erros do árbitro, mas vamos mostrar que outros jogadores os podem substituir e usar o momento para aparecer. O Draxler e o Brooks têm em cada treino um momento importante para conhecer os colegas e terem treinos nas pernas é bom. Creio que estão prontos pra jogar, mas ainda vamos ter mais um treino [à tarde], vamos ver se serão opção para começar ou entrar depois.»

O treinador do Maccabi disse que Benfica pode ganhar o grupo [da Champions] e está melhor que na época passada: «Não posso julgar isso, não fiz parte do clube na época passada. Só sei que agora estamos a jogar bem como equipa, os jogadores estão ligados com bom espírito de grupo e as vitórias estão a ajudar-nos a ser uma equipa. Estamos bem, mas não podemos relaxar e esperar que as coisas aconteçam por si. Quando ganhámos foi sempre devido a trabalho duro, nos treinos e depois durante os jogos. Se continuarmos com este trabalho e motivação podemos jogar por títulos, sim.»  

Foi eleito treinador do mês na Liga, Enzo e Morato também distinguidos. É o melhor treinador em Portugal? Já está a aprender português? «Preciso de mais tempo para aprender português, com este calendário a jogar de 3 em 3 dias não me sobra tempo para aulas, mas espero conseguir. É bom receber prémios, os jogadores merecem, creio que os prémios para os treinadores são para toda a equipa. Eu recebo, mas é para toda a equipa. É por um mês, no próximo já ninguém fala nisso, por isso no fim da temporada queremos é ter um troféu nas mãos.»

Leave a Reply