Impacto da venda de Darwin Núñez ao Liverpool foi inferior a 40 milhões

A SAD do Benfica anunciou, esta quarta-feira, um prejuízo de €35 milhões no exercício relativo a 2021/22, no Relatório e Contas enviado à CMVM.

Um dos aspetos abordados é a venda de Darwin Núñez ao Liverpool, sendo então revelados os valores envolvidos.

«No final da época, foi celebrado um acordo com o Liverpool para a transferência dos direitos do jogador Darwin Núñez por um montante fixo de 75 milhões de euros. O referido acordo prevê ainda o pagamento de uma remuneração variável, dependente da concretização de objetivos de performance desportiva pelo jogador e pelo Liverpool, podendo o valor global da alienação atingir o montante de 100 milhões de euros», refere-se, com referência ao negócio mais à frente:

«Alienação a título definitivo dos direitos do jogador Darwin Núñez ao Liverpool, pelo montante de 75 milhões de euros, que gerou um ganho de 40.523 milhares de euros, após dedução do montante de 34.477 milhares de euros que inclui: (i) a retenção do mecanismo de solidariedade; (ii) os compromissos com terceiros; (iii) os gastos com serviços de intermediação, após o efeito da respetiva atualização financeira, tendo em consideração o plano de pagamento estipulado; e (iv) o valor líquido contabilístico do direito do atleta à data de alienação; a este ganho terá de ser deduzido um valor de 2.410 milhares de euros referente ao efeito da atualização financeira, tendo em consideração o plano de recebimento estipulado, o qual será reconhecido como um rendimento financeiro em exercícios futuros; está ainda previsto um valor adicional de 25 milhões de euros, o qual não se encontra refletido nestas demonstrações financeiras, dependente da concretização de objetivos relacionados com a performance desportiva do jogador e do Liverpool».

Domingos Soares de Oliveira, Co-CEO da SAD, abordou o negócio e sublinhou a diferença existente entre vendas de jogadores da formação, sem custos associados, e futebolistas contratados, como o uruguaio: «A venda de Rúben Dias foi feita por valor bruto de €68 M, com impacto de 60 milhões, só tenho de descontar as comissões que paguei, a venda de Darwin é feita por €75 M. Mas o impacto da venda do Darwin neste relatório é cerca de 37 milhões. A retenção de atletas [da formação] tem um custo em termos imediatos mas é visão estratégica.»

Leave a Reply