Rodrigo Pinho bisa pelo Benfica B e garante primeiro triunfo na Liga 2

Dois golos do avançado Rodrigo Pinho, que teve oportunidade de ganhar ritmo competitivo ao serviço do Benfica B, converteram-se em três pontos para as águias na 5.ª jornada da Liga 2. No Campo n.º 1 do Benfica Campus, a equipa comandada por Luís Castro superou o Leixões por 2-1 e registou a primeira vitória na competição em 2022/23, neste sábado, 3 de setembro.

O primeiro golo da equipa B dos encarnados foi celebrado ao minuto 10. Na conversão de um livre direto, Rodrigo Pinho disparou de pé esquerdo, furou a barreira e bateu o guarda-redes Beunardeau (1-0). No segundo tempo (62′), Moreira Jr. esticou a ofensiva pelo corredor direito e cruzou largo para a zona do segundo poste, à procura da finalização de Rodrigo Pinho, que, na pequena área, de cabeça, encostou para o 2-0. Quando chegou o minuto 64, Rodrigo Pinho (“Homem do Jogo”) e Moreira Jr., elementos do plantel da Equipa A, foram substituídos.

O Benfica criou diversas oportunidades de golo, enviou uma bola à barra por Pedro Santos aos 67′, mas não capitalizou. Na parte final do desafio, o Leixões marcou (2-1) por intermédio de Fabinho (88′) e ainda pôs à prova a consistência defensiva das águias, que, mais uma vez, tiveram o guarda-redes Samuel Soares entre os postes. Os Bês souberam segurar a vitória e têm agora seis pontos na competição.

Na próxima jornada (6.ª) os encarnados visitam o Vilafranquense, às 11h00 de 10 de setembro (sábado).

DECLARAÇÕES

Luís Castro

Luís Castro (treinador do Benfica B): “Fomos superiores, criámos muitas oportunidades de golo. Fomos a equipa com mais posse de bola nos jogos anteriores, mas não estávamos a materializar, nem a criar muitas situações de golo. Neste jogo, além dos golos, ainda tivemos bolas na barra e em cima da baliza. Foi o nosso melhor jogo até agora, também pelo volume ofensivo que conseguimos criar, contra uma boa equipa. O Leixões, uma equipa muito bem trabalhada, com um bom treinador, só tinha sofrido um golo até esta jornada e não foi por acaso. Integração e exibição de Rodrigo Pinho? Estamos aqui para servir o Benfica, foi mais uma forma de servir e ajudar a Equipa A. O Rodrigo é um jogador de Primeira Liga, mostrou que tem carácter, que é um bom homem, para lá de bom jogador, e ajudou a equipa.”

Diogo Capitão (médio do Benfica B): “Procurámos a vitória nos outros jogos, finalmente conseguimos hoje. Foi um jogo bom, tivemos oportunidades claras para marcar o 3-0 antes de sofrer o 2-1, e depois soubemos sofrer para levar os três pontos. Faltava-nos concretizar as oportunidades, hoje conseguimos fazer dois golos e podíamos ter marcado mais.”

Equipa do Benfica B
Benfica B-Leixões
2-1
Benfica Campus (Campo n.º 1)
Onze do Benfica B
Samuel Soares, João Tomé, Lacroix, Bajrami, Rafael Rodrigues (Francisco Domingues, 80′), Diogo Capitão, Cher Ndour (João Neves, 64′), Martim Neto, Henrique Pereira (Diogo Nascimento, 80′), Moreira Jr. (Pedro Santos, 64′) e Rodrigo Pinho (João Resende, 64′)
Suplentes
Pedro Souza, Ricardo Teixeira, Francisco Domingues (80′), Jevsenak, João Neves (64′), Diogo Nascimento (80′), Pedro Santos (64′), Gerson Sousa e João Resende (64′)
Onze do Leixões
Beunardeau, João Amorim, Meira (Araújo, 71′), Calasan, Joel (Miguel Ângelo, 71′), Fabinho, Ben, Paulo Alves (Rafa, 56′), Kiki, João Oliveira (Morais, 56′) e Zé Eduardo (Valente, 56′)
Suplentes
Ricardo Moura, Zag, Coronas, Miguel Ângelo (71′), Araújo (71′), Morais (56′), Rafa (56′), Valente (56′) e Brunão
Ao intervalo1-0
Árbitro
Iancu Vasilica
Golos
Benfica B: Rodrigo Pinho (10′ e 62′); Leixões: Fabinho (88′)
Boletim clínico do Benfica B
Filipe Cruz (lesão no ligamento lateral interno do joelho direito)

Leave a Reply