Benfica B foi empatar fora a zeros com o Torreense

equipa B do Benfica empatou 0-0 com o Torreense neste domingo, 28 de agosto, no Estádio Manuel Marques, em jogo da 4.ª jornada da Liga 2. Apesar da maior posse de bola, o conjunto orientado por Luís Castro não conseguiu melhor do que a divisão de pontos.

Duas equipas à procura do primeiro triunfo na Liga 2 encontraram-se no Estádio Manuel Marques, numa tarde de muito calor, com os termómetros a rondarem os 30 graus.

Luís Castro repetiu o onze que venceu a Taça Intercontinental Sub-20, com exceção de Diogo Capitão, que retomou o centro do terreno em detrimento de Jevsenak. Em Torres Vedras iniciaram o jogo Samuel Soares, João Tomé, Bajrami, Lacroix, Rafael Rodrigues, Diogo Capitão, Cher Ndour, João Neves, Moreira Jr., João Resende e Henrique Pereira.

Torreense-Benfica

Primeira meia hora da partida com pouco trabalho para os guarda-redes, com muito do jogo a passar pelo meio-campo. Aos 15′ Cher Ndour foi o primeiro a rematar com algum perigo à baliza. De livre direto, disparou à figura do guarda-redes Vágner.

A primeira oportunidade de golo pertenceu ao Torreense, que aproveitou o contra-ataque para criar perigo. Aos 33′ Picas fugiu pelo lado esquerdo do ataque e rematou cruzado ao lado da baliza defendida por Samuel Soares.

Dois minutos volvidos, revés para Luís Castro, que teve de retirar João Neves, lesionado. Martim Neto entrou para o lugar do colega. Até final do primeiro tempo, foi o Torreense a criar perigo, aos 38′ e 41′. As duas equipas recolheram às cabinas empatadas a zero.

Torreense-Benfica

Sem alterações no reinício, foi o Torreense novamente a criar perigo. Picas aos 47′ beneficiou de uma escorregadela de Moreira Jr., mas acabou por rematar ao lado. O Benfica respondeu e novamente por Cher Ndour, que, uma vez mais de livre, obrigou Vágner a defesa apertada.

O Benfica B tomou conta do meio-campo adversário e, aos 62′, Luís Semedo teve nos pés o golo, contudo o domínio de bola não foi o melhor e a oportunidade gorou-se.

Com o passar do tempo e com algum cansaço a tomar conta dos jogadores, o jogo ficou partido. Bola cá, bola lá e, aos 75′, mais uma vez em contra-ataque, o Torreense voltou a tentar alvejar a baliza defendida por Samuel Soares, que foi decisivo a negar o golo aos adversários. Viveu-se o melhor período da equipa da casa no jogo, com Samuel Soares a estar em destaque do lado do Benfica B.

Torreense-Benfica

Apesar da acentuada posse de bola, o Benfica B sentiu dificuldades em chegar perto da baliza adversária. E foi já aos 89′ que surgiu a melhor oportunidade das jovens águias. Boa saída para o ataque, e Gerson Sousa, com bom trabalho individual dentro da área do Torreense, rematou para grande intervenção de Vágner.

Já em tempo de descontos, Bajrami escorregou e deixou nos pés de Frédéric Maciel a oportunidade de decidir o jogo, mas o jogador da formação da casa atirou ao lado. Foi o canto do cisne de uma partida com tudo para ter golos, mas que viu a ineficácia a ditar o resultado: 0-0, divisão de pontos entre os dois conjuntos. Samuel Soares foi considerado o “Homem do Jogo”.

A equipa treinada por Luís Castro, joga agora, a 4 de setembro, no Benfica Campus, com o Leixões, na 5.ª jornada da Liga 2.

Benfica B

DECLARAÇÕES

Luís Castro (treinador do Benfica B): “Não entrámos muito bem na partida. Nos primeiros minutos tivemos dificuldades em jogar no meio-campo adversário. Depois, no final da primeira parte e em todo o segundo tempo, estivemos muito melhores. Na parte final, o Torreense, através de transições, criou-nos perigo. Sabíamos que os jogadores estavam cansados, que íamos cair um pouco, provavelmente. No cômputo geral foi positivo. Tivemos perto de 70 por cento de posse de bola, sempre em cima deles. Estas equipas, ao defenderem tão baixo nestes campos mais curtos, criam algumas dificuldades para nós entrarmos.”

Samuel Soares (guarda-redes do Benfica B, “Homem do Jogo”): “Se pudesse trocar o prémio por um golo ou pelos três pontos, trocava facilmente. Não fiz mais do que o meu trabalho. Este jogo foi um momento de aprendizagem. Vamos seguir para o próximo.”

João Tomé (defesa do Benfica B): “Ainda não conseguimos nenhuma vitória, mas são estes jogos que nos fazem evoluir. Somos jovens, temos sentido que somos cada vez mais fortes e acredito que no futuro vamos conseguir melhores resultados.”

Torreense-Benfica
Torreense-Benfica B
0-0
Estádio Manuel Marques
Onze do Benfica B
Samuel Soares, João Tomé, Bajrami, Lacroix, Rafael Rodrigues, Diogo Capitão (Jevsenak, 83′), Cher Ndour, João Neves (Martim Neto, 35′), Moreira Jr. (Gerson Sousa, 61′), João Resende (Luís Semedo, 61′) e Henrique Pereira (Pedro Santos, 83′)
Suplentes
Pedro Souza, Gerson Sousa (61′), António Muanza, Jevsenak (83′), Martim Neto (35′), Francisco Domigues, Pedro Santos (83′), João Neto e Luís Semedo (61′)
Onze do Torreense
Vágner, Nuno Campos (Rui Silva, 77′), Guilherme Morais, Diego Raposo (Frédéric Maciel, 69′), Simão Rocha, João Vieira (Mateus, 61′), João Paulo, Picas (Sambu, 69′), João Lameira, Gustavo Marques e Neneco Renteria (João Cardoso, 77′)
Suplentes
Léo, Pedro Machado, Frédéric Maciel (69′), Mateus (61′), Sambu (69′), Oliveira, Rui Silva (77′), João Cardoso (77′) e Keffel
Ao intervalo0-0
Golos
 –
Boletim clínico
Filipe Cruz (lesão no ligamento lateral interno do joelho direito)

Leave a Reply