Site icon TerceiroAnel.blog

Roger Schmidt espera um jogo duro e físico contra o Boavista dentro de um calendário apertado

Advertisements

Roger Schmidt, treinador do Benfica, anteviu a deslocação ao Estádio do Bessa para enfrentar o Boavista (às 18h00 de sábado) na 4.ª jornada da Liga Bwin.

O treinador do Benfica, Roger Schmidt, projetou esta sexta-feira a partida de amanhã com o Boavista, no Bessa, mas a oportunidade foi aproveitada para ser questionado sobre o sorteio da Liga dos Campeões, que colocou PSG, Juventus e Maccabi Haifa no caminho das águias.

«É um verdadeiro grupo de Liga dos Campeões, com equipas muito difíceis. Nunca defrontei nenhum destes adversários, temos de os conhecer, mas agora estou focado nos jogos que temos pela frente e que obrigam a concentração máxima», atirou.

O treinador do Benfica, Roger Schmidt, mostrou-se muito satisfeito pela contratação do médio norueguês Frederik Aursnes, ex-Feyenoord.

«Não sei se poderá ser opção ou não amanhã, esperamos luz verde [da Liga] nesse sentido. É um médio-centro muito bom, com e sem bola, muito completo, com grande capacidade física, muito fiável. É uma boa contratação para nós», sublinhou.

Estará o plantel das águias fechado? «Já temos um bom plantel e temos cinco ou seis dias para o otimizar, não consigo dizer que está fechado para saídas e entradas, tudo é possível até ao último segundo», respondeu.

E sobre Gonçalo Ramos, apontado a uma possível saída, expressou o seu desejo: «Claro que espero que Gonçalo Ramos fique, tem jogado a titular e marcado golos, mas há os negócios do futebol e se algo acontecer terá de ser tomada uma decisão. Mas claro que espero que continue, sim.»

«O Benfica é a melhor equipa em Portugal?» Foi esta a pergunta colocada ao treinador do Benfica, Roger Schmidt, de forma objetiva, durante a conferência de imprensa de antevisão do jogo com o Boavista.

E a resposta foi rápida e simples, como se já estivesse preparada: «Veremos no final da época.»

(Em actualização)

Exit mobile version