Oficial: Fredrik Aursnes assina pelo Benfica até 2027

O médio Fredrik Aursnes (26 anos) é reforço da equipa de futebol profissional do Sport Lisboa e Benfica. Internacional pela Noruega, o atleta assinou um contrato válido por cinco temporadas (até 2027) e assumiu: “Estou muito feliz, é um grande dia para mim!”

Fredrik Aursnes é a mais recente contratação do Sport Lisboa e Benfica. O novo camisola n.º 8 da formação comandada por Roger Schmidt já conheceu a nova casa, assistiu ao desafio decisivo do play-off da Champions e nas primeiras declarações de águia ao peito assumiu que este é um momento há muito desejado.

É um grande dia para mim. Assinar pelo Benfica é espetacular e estou muito feliz”, afirmou, revelando de pronto conhecimentos sobre o Glorioso…

“É um clube muito, muito grande, com adeptos em todo o mundo. É um clube com uma grande história e espero que com um grande futuro também“, projetou o internacional nórdico.

Terça-feira foi noite de Liga dos Campeões e Fredrik Aursnes foi um dos 58 789 presentes no Estádio da Luz. O centrocampista gostou do que viu!

“Incrível. O Estádio da Luz é incrível e os adeptos são espetaculares. O jogo também foi bom e a equipa jogou muito bem. Estou ansioso por começar”, revelou.

Fredrik Aursnes

“Gosto de fazer muitas coisas e sou um jogador de equilíbrios. Os adeptos são incríveis! Vou dar sempre o meu máximo, sempre os cem por cento”

Fredrik Aursnes

Quanto a Roger Schmidt, o médio de 26 anos expressou a vontade de começar a trabalhar o quanto antes com o técnico e revelou que a conversa entre ambos foi boa.

Quero muito trabalhar com ele. Joguei contra ele duas vezes na época passada, quando era treinador do PSV. Tive uma boa conversa com ele. Quando soube do interesse do Benfica nunca tive dúvidas. Queria muito vir para o Benfica, e agora, finalmente, estou cá”, vincou.

E quanto ao posicionamento em campo? Prefere a posição 6 ou a 8?

“Diria que posso fazer as duas posições. No Feyenoord jogava mais como número 6, mas sinto-me à vontade para fazer as duas posições”, atirou de forma firme, acrescentando: “Gosto de fazer muitas coisas e sou um jogador de equilíbrios. Gosto de ajudar a equipa, trabalho muito, gosto de assistir o ataque e também posso participar em jogadas ofensivas.”

À Família Benfiquista fica a mensagem e uma promessa!

Vou dar sempre o meu máximo, sempre os cem por cento“, concluiu o novo rosto do futebol profissional do SL Benfica, versão 2022/23.

No comunicado enviado à CMVM, a SAD encarnada revela que paga 13 milhões de euros fixos ao emblema neerlandês, podendo a transferência atingir os €15M se cumpridos os objetivos «num prazo máximo de 35 meses».

O Feyenoord ficará ainda com 10 por cento de mais-valia numa futura transferência de Aursnes e o nórdico fica blindado com cláusula de rescisão de 50 milhões de euros.

Fredrik Aursnes será o terceiro jogador norueguês a passar pelo Benfica nos 118 anos de história do clube.

Antes do médio, de 26 anos, é preciso recuar até ao defeso de 2004 para encontrar outro norueguês contratado, na ocasião Azar Karadas. O avançado havia-se destacado no Rosenborg e custou 1,75 milhões de euros. Karadas acabou por estar apenas uma época na Luz, tendo marcado seis golos (quatro na Liga e dois na Taça UEFA) em 35 jogos, antes de ser emprestado ao Portsmouth. Não mais voltaria a jogar pelos encarnados, saindo em definitivo em 2007 para o Brann, da Noruega.

Antes de Karadas, o Benfica tinha contratado um norueguês que nunca chegou a vestir a camisola do clube: em 1999, Sigurd Rushfeldt chegou à Luz, também do Rosenborg, integrou o estágio de pré-época na Áustria ao serviço de Jupp Heynckes mas acabaria por regressar ao clube norueguês, que não recebeu as garantias financeiras do Benfica para que a transferência se concretizasse. O Rosenborg acabaria, nesse mesmo verão, por vender Rushfeldt ao Racing Santander.

Fredrik Aursnes já foi apresentado como reforço do Benfica e despediu-se dos adeptos do Feyenoord com emotiva mensagem, após uma temporada no emblema neerlandês, pelo qual fez 49 jogos.

«O Feyenoord marcou-me muito em pouco tempo. Quando cheguei aqui, há um ano, não esperava sair ao fim de uma época. Foi um período especial por vários motivos. Para começar, pela nossa forma de jogar, que me agrada muito e com a qual me diverti muito. Mas especialmente por causa de nossas conquistas únicas na Europa, das pessoas com quem trabalhei diariamente e, por último, mas não menos importante, os fiéis adeptos do Feyenoord. Sou grato ao clube e a Frank Arnesen em particular, pela confiança depositada em mim. Também gostaria de agradecer a todos que contribuíram para as belas memórias que levo comigo de Roterdão. Desejo o melhor ao Feyenoord», pode ler-se na mensagem do norueguês.

Leave a Reply