CAMPEÕES DO MUNDO DE SUB-20

Peñarol-Benfica, jogo da final da Taça Intercontinental Sub-20 no Estádio Centenário, em Montevideu (Uruguai). Um golo de Luís Semedo aos 69′ valeu às jovens águias a conquista da primeira edição do troféu!

Histórico! O Benfica venceu o Peñarol (1-0) e conquistou a primeira edição da Taça Intercontinental de sub-20.

Numa final realizada na noite deste domingo, no Estádio Centenário, em Montevideu (Uruguai), os encarnados deram seguimento à (também histórica) conquista da UEFA Youth League – no passado dia 25 de abril, após a goleada (6-0) imposta ao Salzburgo, na final realizada em Nyon, na Suiça – os encarnados souberam perceber os vários momentos do jogo e, na altura certa, tiveram arte para marcar o golo que valeu o triunfo.

Depois de uma primeira parte longe de ser bem jogada, onde as duas equipas se equipararam no setor intermediário, cresceu o Benfica na etapa complementar, período em que apresentou melhor qualidade de posse de bola e maior clarividência nas jogadas de ataque. Num desses momentos, e já depois de ter ameaçado a baliza uruguaia, as jovens águias conseguiram mesmo chegar ao golo: pontapé de canto cobrado por Cher Ndour, à esquerdo, desvio subtil de Zan Jevsenak, ao primeiro poste, e Luís Semedo, ao segundo poste, encostou para o fundo das redes.

O conjunto uruguaio percebeu que tinha de fazer alguma coisa para alterar o rumo dos acontecimentos, tentou gizar algumas jogadas de ataque – embora sempre mais com o coração do que com a cabeça -, mas a verdade é que das (poucas) vezes em que o Peñarol chegou à baliza encarnada, Samuel Soares demonstrou toda a sua qualidade e impediu que os sul-americanos conseguissem chegar ao empate.

Estava, assim, escrita mais uma página dourada na história do Benfica, mais concretamente no escalão de sub-20. Foi a primeira vez que se realizou a Taça Intercontinental deste escalão e, como tal, para a eternidade ficará perpetuado o nome do Benfica como primeiro vencedor do troféu.

(Em actualização)

Leave a Reply