Bernardo Silva custa mais de 100 milhões mas Kevin de Bruyne pede a sua permanência

À semelhança do que aconteceu no último verão, Bernardo Silva tem sido apontado com insistência ao Barcelona. Pepe Guardiola já assumiu que não quer deixar sair o internacional português, mas a vontade do jogador pode mostrar-se um obstáculo intransponível aos desejos do técnico catalão.

Nesse sentido, o Manchester City começa a mostrar os primeiros sinais de abertura à saída de Bernardo Silva. De acordo com o The Athletic, os bicampeões ingleses aceitam negociar o médio de 28 anos, mas nunca por uma verba inferior a €100 milhões. Números que causam apreensão aos responsáveis blaugrana, cuja situação financeira não é simples.

Depois de vários sinais de que Bernardo Silva se está a despedir do Manchester City , o belga Kevin de Bruyne fez força pelo inverso e falou publicamente sobre a possibilidade de o português sair.

«No meu modo de ver creio que estará aqui [no City] esta temporada, por isso não há nada que me preocupe. Aconteça o que acontecer, é um jogador genial. Espero que fique connosco, ele sabe que aqui é muito querido e estimado», sublinhou ao Manchester Evening News.

No entanto, como volta a escrever esta segunda-feira o jornal Sport, há acordo entre o jogador e o clube através de Jorge Mendes, e, assim que haja alívio salarial, a contratação pode avançar, mesmo já esta semana.

O clube colocou esta segunda-feira mais uma peça fora do tabuleiro: o médio Alex Collado foi emprestado ao Elche, com o Barça a pagar-lhe apenas metade do ordenado.

O recente alívio financeiro depois de mais uma venda de património permitiu inscrever todos os reforços à exceção de Jules Koundé.

Formado no Benfica, Bernardo Silva chegou ao Manchester City em 2017, depois de uma passagem pelo Mónaco. No total, soma 254 jogos pelos citizens, tendo conquistado quatro campeonatos, quatro Taças da Liga, duas Supertaças e uma Taça de Inglaterra.

Leave a Reply