Roger Schmidt: “Jogámos muito bom futebol e estou feliz”

Roger Schmidt fez a análise ao Benfica-Midtjylland da 1.ª mão da 3.ª pré-eliminatória da Liga dos Campeões, uma partida disputada na noite desta terça-feira, 2 de agosto, num Estádio da Luz vibrante, com cerca de 53 mil adeptos nas bancadas. Triunfo por 4-1, justo, a deixar boas perspetivas…

Feliz e satisfeito com o desempenho da sua equipa e por tudo aquilo que ela colocou em campo, transpondo com assertividade e confiança todo o trabalho executado na pré-época, bem como o plano delineado ao pormenor para esta noite de terça-feira. Assim se apresentou Roger Schmidt perante os jornalistas, na conferência de Imprensa após o triunfo por 4-1 sobre a formação dinamarquesa.

Sem deslumbramentos, mas ambicioso, o treinador do Benfica analisou a postura do coletivo em campo, revelou o segredo para a vitória, destacou alguns atletas, contudo, o todo prevaleceu sempre sobre o individual. As perspetivas são boas e o caminho que agora se inicia é para ser trilhado sob a chancela do trabalho!

Benfica-Midtjylland

VITÓRIA JUSTA, BOM FUTEBOL E APOIO FANTÁSTICO

“Claro que estou feliz. Era nossa tarefa dar continuidade ao bom trabalho e levar a confiança do que realizámos na pré-época para o campo. Antes do apito inicial do árbitro sabíamos que a pré-temporada fazia parte do passado e teríamos de aparecer bem num jogo que não era fácil. E conseguimos. O Midtjylland não é um adversário fácil de defrontar, é muito forte fisicamente e defende com muitos jogadores atrás da linha da bola, sempre à procura do contra-ataque. Criámos muitas ocasiões para marcar, jogámos um bom futebol, marcámos na altura certa e merecemos ganhar. Estou feliz. Jogámos muito bem, trabalhámos muito e soubemos enfrentar o adversário, com soluções. Encontrámos os espaços necessários e tomámos boas decisões. O 4-1 é justo, apesar de podermos ter feito um resultado mais dilatado. E o apoio no Estádio foi fantástico. Agora, temos de estar preparados para o próximo jogo, e esse será já na sexta-feira, o arranque da Liga.”

Benfica-Midtjylland

O HAT-TRICK DE GONÇALO RAMOS

“O Gonçalo [Ramos] jogou muito bem, tal como todos os outros, marcou três golos e até podia ter marcado mais. Gosta de jogar nesta posição mais central do ataque, é forte fisicamente e tem muita presença na área e clareza. Foi muito importante nesta noite. O Benfica tem muitos bons jogadores.”

Benfica

NERES, ENZO, FLORENTINO E O JOGO COLETIVO COMO CHAVE

“[Neres e Enzo] Jogaram ao mais alto nível. O Neres foi fantástico e muito importante nesta noite, principalmente no um contra um, ganhou muitos duelos, criou várias oportunidades e fez as duas assistências para o Gonçalo [Ramos]. Precisava da pré-época para se adaptar e recuperar a forma física e o ritmo, e hoje mostrou pela primeira vez todo o seu potencial… Enzo só tem 21 anos e joga como se estivesse há muitos no Benfica. Esteve muito bem no meio-campo com o Florentino, que também fez um grande jogo. Controlaram bem, inteligentes, bom entrosamento com os defesas. Estão bem integrados, mas todos estiveram bem. Foi um excelente jogo de equipa e essa foi a chave, o jogo coletivo.”

Benfica-Midtjylland

PRIMEIRO PASSO, MAS NADA ESTÁ RESOLVIDO…

“Foi apenas o primeiro passo, foi apenas a primeira parte da eliminatória. Fizemos um primeiro bom jogo, conseguimos um bom resultado, mas nada está decidido e não podemos baixar a guarda. Só descansarei quando for dado o apito final no segundo jogo da eliminatória, na Dinamarca. Ainda falta essa fase. O Midtjylland irá fazer tudo o que lhe for possível para na próxima terça-feira tentar marcar cedo e lutar durante os 90 minutos em casa para chegar à fase seguinte. Nada está decidido!”

Benfica-Midtjylland

CALENDÁRIO EXIGENTE

“Vai ser um teste para a época toda [jogos consecutivos]. Provavelmente vamos ter vários jogos por semana e a nossa função será assegurar que os jogadores recuperam para estarem prontos para o seguinte. Será um desafio. Temos um plantel rico, há sempre alternativas e não nos vamos queixar. Queremos jogar ao mais alto nível internacional, na Champions, e os jogadores também se estão a habituar a este tipo de calendário. Há uns anos era diferente, atualmente clubes como o Benfica estão habituados e preparados para esta exigência.”

Benfica

A IDEIA E UM PLANTEL RICO

“Os jogadores estiveram muito bem, muito fiáveis, trabalhadores, nestas últimas semanas e nesta noite também. Criámos oportunidades, marcamos golos, jogámos contra adversários diferentes, táticas diferentes e tentámos dar aos jogadores várias opções. Eles têm mostrado a sua criatividade e potencial. Temos um plantel muito rico.”

Leave a Reply