“Estou em Lisboa há duas semanas e consigo sentir a paixão e o amor que há pelo Benfica”

Roger Schmidt concedeu uma entrevista ao jornal regional Westfälische Nachrichten, na qual revelou o porquê de ter aceitado o convite para treinar o Benfica após duas temporadas no PSV Eindhoven.

«Não sei se é o meu clube de sonho, é difícil dizer isso, mas é, sem dúvida, um clube especial. Senti-o desde o início, quando estabelecemos contacto. Estou em Lisboa há duas semanas e consigo sentir a paixão e o amor que há pelo Benfica. Estou num ótimo emprego» disse o técnico alemão, ciente da responsabilidade de voltar a colocar títulos no museu da Luz após três anos ‘a seco’.

«Sinto que há muita expectativa e já estou ciente do fervor que os adeptos têm pelo Benfica. O clube não ganha títulos há três anos e eu quero ganhá-los e ser bem sucedido», sustentou.

Leave a Reply