Benfica Campus em peso no estágio de pré-época das águias

Catorze dos 38 futebolistas presentes no estágio do Benfica em St. George’s Park, Inglaterra, são da Formação do Clube, o que é demonstrativo do talento existente no Benfica Campus. Sete desses atletas participaram na histórica conquista da UEFA Youth League em 2021/22.

Com jogadores da Formação em todos os sectores, o Benfica salvaguarda o futuro. Dos guarda-redes aos avançados, passando pelo sector mais recuado e pela zona média do terreno, as opções são diversas. Uns já estão no Clube há mais de uma década, outros ainda não se estrearam pela Equipa A, e também há quem tenha sido emprestado para “crescer” como jogador e regressar a casa.

Leo Kokubo e André Gomes

GUARDA-REDES

Começando na baliza, o Benfica trabalha com cinco guarda-redes em Inglaterra, três deles da Formação: André Gomes, Samuel Soares e Leo Kokubo.

André Gomes é o mais jovem do grupo. Tem 17 anos (20.10.2004) e chegou ao Benfica em 2016/17 para alinhar nos Infantis. Proveniente do CFT Braga, representou as águias, igualmente, nos Iniciados, Juvenis, Juniores e Sub-23Venceu a UEFA Youth League, prova em que esteve em destaque na meia-final, com a Juventus, ao defender duas grandes penalidades.

Aos 20 anosSamuel Soares continua a escalar. Chegou ao Seixal em 2013/14 para integrar os Infantis e percorreu todas as equipas da Formação: Iniciados, Juvenis, Juniores, Sub-23 e Equipa B. Na fase final da época 2021/22 festejou o sucesso na UEFA Youth League.

Leo Kokubo é japonês e chegou ao Benfica após ter dado nas vistas na baliza do Kashiwa Reysol, em 2018. Na temporada 2018/19 viajou para Portugal e “aterrou” no Benfica Campus. Representou os Juniores, os Sub-23 e os Bês. Tem 21 anos.

António Silva

DEFESAS

Tal como os guarda-redes, também são três os defesas da Formação a trabalhar em St. George’s Park, com a particularidade de serem todos centrais: Morato, António Silva e Tomás Araújo.

Dos três, Morato é o que contabiliza mais jogos pela Equipa A do Clube: 30. Brasileiro de nacionalidade, o Benfica contratou-o ao São Paulo na época de 2019/20. Integrou-o no plantel dos Juniores, mas o esquerdino também já representou os Sub-23 e a Equipa B.

No Benfica há sete temporadas, desde 2016/17António Silva proveio do CFT Viseu. Começou nos Iniciados, passou pelos Juvenis, Juniores e Sub-23 antes de subir à Equipa B. Aos 18 anos, o central fez parte da equipa vencedora da UEFA Youth League, em Nyon (Suíça).

Tomás Araújo, minhoto de 20 anos, evidenciou-se no Palmeiras/Escola de Futebol do Benfica em Famalicão, e o Clube chamou-o em 2016/17. Jogou uma temporada nos Iniciados, subiu logo aos Juvenis e não parou. Seguiram-se os Juniores, os Sub-23 e a Equipa B. Na época transata cumpriu o sonho de se estrear pela Equipa A do Benfica, em 15 de dezembro de 2021, diante do SC Covilhã, na Taça da Liga. Tem quatro partidas realizadas pelos seniores A e foi um dos atletas que conquistaram a UEFA Youth League 2021/22.

Martim Neto

MÉDIOS

Entre os médios da Formação está um de cariz mais defensivo (Florentino) e dois típicos centrocampistas (Paulo Bernardo e Martim Neto).

Florentino é o mais “experiente” dos três. Apesar dos seus 22 anos, está no Benfica desde 2010/11 (há 12 anos) e até já conquistou títulos pela Equipa A: Campeonato Nacional e Supertaça. Proveniente do Real, integrou o Glorioso nos Infantis, há 12 anos, jogando depois nos Iniciados, Juvenis, Juniores e Equipa B. Chegou à Equipa A em 2018/19, onde soma 32 jogos e um golo. Nas duas temporadas anteriores esteve emprestado ao Mónaco (2020/21) e ao Getafe (2021/22). Regressou agora a casa.

Paulo Bernardo também já contabiliza jogos disputados pela Equipa A do Clube: 24. Aos 20 anos, o médio-centro que fez toda a formação no Benfica Campus, desde 2010/11, luta por um lugar ao sol no plantel encarnado. Deu os primeiros toques na bola nas Escolas de Futebol antes de começar nos Traquinas, passou depois por Benjamins, Infantis, Iniciados, Juvenis, Juniores, Sub-23 e Equipa B.

Martim Neto estreou-se pela Equipa A do Benfica no último jogo oficial de 2021/22 (tal como Moreira) frente ao Paços de Ferreira (13 de maio de 2022). Com 19 anos, e proveniente de uma família de desportistas, o médio (que conquistou a UEFA Youth League 2021/22) ingressou no Clube em 2014/15, no CFT Braga, integrando o Benfica Campus na temporada seguinte (2015/16) para representar os Infantis. O percurso continuou nos Iniciados, Juvenis, Juniores, Sub-23 e Equipa B.

Diego Moreira

EXTREMOS

No grupo de trabalho estão três jovens “Made in Benfica Campus” que gostam de jogar junto à linha para desequilibrar ofensivamente: Tiago Gouveia, Diogo Gonçalves e Moreira. Todos eles sabem o que é jogar pela Equipa A do Clube.

No Benfica desde 2017/18Tiago Gouveia, de 21 anos, chegou ao Clube para jogar nos Juvenis. Alinhou, depois, nos Juniores, Sub-23 e Equipa B, até se estrear com o Manto Sagrado da Equipa A em 2021/22, em 30 de março de 2022, diante do Marítimo.

Diogo Gonçalves é o elemento mais velho de entre os da Formação presentes em Inglaterra: 25 anos. Na Luz desde 2008/09, proveniente do CFT Faro, o extremo começou o seu caminho nas águias nos Infantis, continuando a mostrar talento à medida que ia subindo de escalão. Passou por Iniciados, Juvenis, Juniores e Equipa B, antes de se estrear na Equipa A na época 2017/18. Em 2018/19 e em 2019/20 esteve emprestado a Nottingham Forest e Famalicão, respetivamente.

Tal como André Gomes, Moreira também tem 17 anos. Ainda assim, nasceu em agosto de 2004 e é mais velho do que o colega por dois meses. O ala jogava na Bélgica – Lierse – quando deu nas vistas e chamou a atenção do Benfica, emblema que começou a representar em 2020/21. Jogou nos Juvenis, nos Juniores, Sub-23 e Equipa B. No dia 13 de maio de 2022, em Paços de Ferreira, realizou o sonho de se estrear pela Equipa A, isto menos de um mês depois de ter festejado o êxito na UEFA Youth League 2021/22.

Henrique Araújo

AVANÇADOS

Gonçalo Ramos e Henrique Araújo são os dois nomes da Formação com faro de golo que trabalham, por estes dias, às ordens de Roger Schmidt em Inglaterra. Ambos já jogaram e marcaram pela Equipa A do Benfica.

Com 21 anosGonçalo Ramos entrou no Seixal em 2013/14 para alinhar nos Infantis, isto após ter representado o CFT Faro. Sempre com propensão goleadora, o jovem foi deixando a sua marca também nos Iniciados, Juvenis, Juniores, Sub-23 e Equipa B. No final de 2019/20, em Vila das Aves, teve uma estreia de sonho pelo Benfica, com um bis.

O madeirense Henrique Araújo atravessou o Atlântico em 2018/19 para representar o Benfica, após vários anos de formação no Marítimo. Aos 20 anos, conta com três golos em seis desafios feitos na Equipa A do Benfica. Para lá chegar aprimorou a veia goleadora no Benfica Campus, nos escalões de Juvenis, Juniores, Sub-23 e Equipa B. Foi um dos vencedores da UEFA Youth League 2021/22.

Leave a Reply