Carlos Nicolía revoltado com decisão que o afasta da “negra”: “Sei que camisola visto”

Carlos Nicolía vai mesmo falhar a ‘negra’ da final do campeonato de hóquei em patins, esta noite, no Dragão Arena, a partir das 20 horas, e expressou a sua revolta através de um longo ‘post’ no instagram, no qual diz ter sido expulso injustamente no quarto jogo frente ao FC Porto, na Luz.

«Um desportista treina em cada dia da sua vida com um único objetivo: jogar e ganhar finais de campeonatos (..) Hoje levo oito anos no melhor clube do mundo (…) e muita gente me dizia que era difícil jogar no Benfica e sobretudo ganhar com esta camisola, por um motivo: ‘é o maior de todos’. Hoje dou-lhes razão mais uma vez, porque aos melhores vão sempre cair-lhes em cima. No jogo anterior fui expulso injustamente e hoje perco a final. As imagens falam por si, jamais disse o que essa pessoa refere, nem sequer uso essa frase! Mas sei que camisola visto e é o preço que hoje tenho a pagar com orgulho. Perco o jogo do ano, o jogo mais importante, mas estarei a torcer pela minha equipa, que nunca baixa os braços, e espero que seja um jogo desportivamente digno. A vida dá muitas voltas, há só que esperar o momento porque a vida é justa. A foto que publico é mais uma de tantas manchas negras deste desporto, em que no melhor campeonato do mundo muitas vezes não o decidem os melhores jogadores do mundo, mas sim gente externa. É um dia muito triste para mim no lado pessoal, mas creio que desde o último jogo no inferno da Luz terminou uma etapa e iniciou-se outra, disse-se basta!! A partir de agora na nossa casa não vão entrar as pessoas que a única coisa que pretendem é prejudicar este desporto e o maior, o Benfica», pode ler-se.

Recorde-se que o Tribunal Administrativo do Sul indeferiu a providência cautelar interposta pelo Benfica, depois de Carlos Nicolía ter sido castigado pela Federação de Patinagem de Portugal com dois jogos de suspensão por ter visto o cartão vermelho.

Leave a Reply