Prevaricadores acabaram tão penalizados como os prevaricados e a vergonha continua

Cinco jogadores foram castigados pela Federação de Patinagem de Portugal na sequência dos vários confrontos durante o Benfica-Sporting do passado sábado, no Pavilhão da Luz.

Do lado dos leões, Henrique Magalhães e Ferran Font foram punidos com três jogos e João Souto com dois, enquanto no Benfica foram castigados dois jogadores: o guarda-redes Pedro Henriques, com três jogos, e o espanhol Edu Lamas, com dois. 

Estas suspensões são válidas já para o jogo desta terça-feira, no Pavilhão João Rocha, o terceiro de possíveis cinco nas meias-finais do ‘play-off’.

Lucas Ordoñez (Benfica) e Ângelo Girão (Sporting) ‘escaparam’ à mão pesada da Federação de Patinagem de Portugal.

Fica assim provado que para a Federação de Patinagem de Portugal, os prevaricadores (Sporting) são tão penalizados quanto os prevaricados (Benfica). Sendo que o mais provocador em campo, o guarda-redes do Sporting Ângelo Girão, sai incólume (uma vez mais) de tudo isto.

A vergonha continua.

Leave a Reply