Benfica Campus inscreve quatro Bicampeões da Premier League inglesa

Que final de campeonato na Premier League! O Manchester City, de João Cancelo, Rúben Dias, Bernardo Silva e Ederson, sagrou-se bicampeão inglês, conquistando o oitavo título na história após bater o Aston Villa, em casa, por 3-2.

Em Anfield, o Liverpool também esteve a perder frente ao Wolverhampton mas acabou por dar a volta, vencendo por 3-1. Reviravolta inglória para a equipa de Jurgen Klopp, que esteve entre o céu e o inferno e acabou em lágrimas.

Foi verdadeiramente dramática a última jornada em Inglaterra: o Manchester City, com Cancelo e Bernardo Silva no onze, entrou ‘a dormir’ frente à equipa de Steven Gerrard, que esteve a vencer por 2-0 no Etihad. Matty Cash, aos 37’, deu vantagem aos visitantes e Coutinho, aos 69’, gelou completamente as bancadas no Etihad.

Foi então que entrou em acção o rolo compressor de Pep Guardiola. Lançado aos 70’ para o lugar de Bernardo Silva, o médio alemão Ilkay Gundogan vestiu a pele de Aguero em 2012 e foi o herói da reviravolta num curto espaço de tempo. Aos 76’, cabeceou ao segundo poste após cruzamento de Sterling e aos 81’, apareceu ao segundo poste a desviar para o 3-2, após assistência de De Bruyne, levando milhares de adeptos à loucura. Pelo meio, aos 78’, uma bomba do espanhol Rodri empatou a partida. Com 93 pontos, o Manchester City festeja o bicampeonato com um de avanço sobre o Liverpool e Pep Guardiola conquista o quarto campeonato em seis temporadas em Inglaterra. Nota especial para o facto de Rúben Dias somar dois títulos de campeão inglês… em duas épocas no Manchester City.

Em Anfield, o internacional português Pedro Neto, logo aos três minutos, colocou o conjunto de Bruno Lage na frente, obrigando o Liverpool, com Jota a titular, a correr atrás do prejuízo. Sadio Mané, aos 24’, empatou e os reds carregaram em busca da reviravolta que os colocasse no primeiro lugar. Mas essa só apareceu quando o Manchester City também já estava na frente… Aos 84’, Mohamed Salah fez o 2-1 e, aos 89’, foi o lateral escocês Andy Robertson a assinar o 3-1.

Bernardo Silva deu largas à satisfação pela conquista do título da Premier League, após uma épica tarde de futebol em Inglaterra, que culminou com a reviravolta do Manchester City frente ao Aston Villa, de 0-2 para 3-2.

«Não foi nada fácil, houve alguma descrença mas tentámos acreditar sempre na reviravolta. Estou tão feliz, e a forma como ganhámos torna tudo ainda melhor mas, por favor, que não repitamos isto. Bater uma equipa como o Liverpool sabe muito bem, somos a melhor de Inglaterra e, no próximo ano, vamos tentar dar a mesma alegria aos adeptos», disse o médio português à BBC.

Cai o pano sobre mais uma espetacular edição da Premier League com a festa em tons azuis e bem portugueses.

Leave a Reply