Andebol perde no Dragão Arena em jogo equilibrado mas com erros fatais

Benfica perdeu (32-28) frente ao FC Porto nesta tarde de sábado, 21 de maio, em jogo referente à 28.ª jornada do Campeonato Nacional de andebol no Dragão Arena.

equilíbrio foi uma constante durante 17 minutos de jogo, com as equipas igualadas no marcador na maior parte das vezes, com um golo apenas de diferença. Curiosamente, após a primeira exclusão de um atleta da equipa da casa, a formação de Chema Rodríguez acumulou erros no ataque, levando a que aos 20′ o marcador estivesse em 13-10.

De nada valeu a segunda exclusão no jogo para os azuis e bancos as 22′, pois, imediatamente, Alexis Borges e Demis Grigoras cumpriram dois minutos no banco dos suplentes, deixando o Benfica em inferioridade numérica, aproveitada pelos visitados para ampliar a vantagem para 15-11. A diferença manteve-se até ao intervalo (19-15), com o guardião Mitrevski a mostrar-se determinante entre os postes.

FC Porto-Benfica

Na segunda parte a toada do encontro manteve-se e, beneficiando de vários erros ofensivos do Benfica no ataque, os da casa cavaram um fosso no marcador de nove golos, colocando o resultado em 31-22. Para tal contribuiu o facto de os encarnados terem perdido quatro ataques. Nos últimos minutos, a diferença foi sendo reduzida muito por força da diminuição do ritmo do encontro, que acabou com um 32-28, hipotecando as possibilidades do Benfica chegar à vitória no Campeonato Nacional.

Benfica volta a jogar no próximo sábado, 28 de maio, frente aos polacos do Wisla Plock, às 17h30, no Altice Arena, na meia-final da EHF European League

DECLARAÇÕES

Chema Rodríguez (treinador do Benfica): “Na primeira parte até estivemos bem. Quando entrou o Mitrevski tivemos muitos problemas, parou muitas bolas. Frente ao FC Porto tem de estar a 100% durante o jogo, senão é muito difícil vencer, ainda para mais em casa.”

FC Porto-Benfica
FC Porto-Benfica
32-28
Dragão Arena
Formação inicial do Benfica
Sergey Hernández, Jonas Källman, Rogério Moraes, Lazar Kukic, Demis Grigoras, Ole Rahmel e Alexis Borges  
Suplentes
Gustavo Capdeville, Mahamadou Keita, Bélone Moreira, Paulo Moreno, Carlos Martins, Petar Djordjic, Tadej Kljun, Luciano da Silva e Francisco Pereira  
Formação inicial do FC Porto
Frandsen, Rui Silva, Mbengue, Sliskovic, Leonel Fernandes, Iturriza, António Areia 
Suplentes
Mitrevski, Pedro Valdes, Pedro Cruz, Diogo Oliveira, Salina, Diogo Branquinho, Miguel Alves, Vergara e Fábio Magalhães  
Ao intervalo19-15
Marcadores
Alexis Borges (6), Ole Rahmel (6), Jonas Källman (5), Petar Djordjic (4), Rogério Moraes (2), Demis Grigoras (2), Bélone Moreira (1), Paulo Moreno (1) e Lazar Kukic (1) 

Leave a Reply