Futuro treinador do Benfica conquista a Taça dos Paises Baixos frente ao Ajax

O PSV juntou mais um título ao seu palmarés, depois de ter vencido o Ajax na final da Taça dos Países Baixos, disputada em Roterdão. O encontro terminou 2-1, favorável à equipa de Roger Schmidt, treinador alemão com tudo certo para orientar o Benfica na próxima temporada.

A formação de Amesterdão foi a primeira a marcar, por intermédio de Gravenberch, aos 23 minutos, assistido por Klaassen. E a vantagem só não foi ampliada antes do intervalo porque o VAR detetou posição irregular de Mazroui no lance em que o marroquino introduziu a bola na baliza.

A reação da equipa de Eindhoven fez-se sentir logo no começo da segunda parte e de uma forma poderosíssima. Servido por Sangare, Gutierrez repôs a igualdade (48’), com Gakpo a operar a reviravolta logo depois (50’).

O Ajax não se deixou abater e foi à procura do segundo golo, que chegou numa ação de Klaassen. No entanto, o VAR voltou a intervir e a invalidar mais um golo ao conjunto liderado por Erik tem Hag.

Bruma, internacional português, festejou em campo o título do PSV, lançado que foi no encontro no decorrer da segunda parte (69’). Já Carlos Vinícius, cedido pelas águias, não saiu do banco.

Leave a Reply