Benfica abre a Golden Cup com derrota no clássico disputado na Corunha

O Benfica perdeu frente ao FC Porto nesta terça-feira, 12 de abril, no primeiro jogo referente ao grupo A da Golden Cup, que se realizou no Pavilhão dos Desportos de Riazor, na Corunha (Espanha). 

Cedo as equipas encontraram o caminho e o sucesso junto das redes contrárias. Aos 2′ Xavi Barroso bateu o benfiquista Pedro Henriques quando surgiu isolado à frente do guardião (0-1). A resposta viu-se no minuto seguinte por Lucas Ordoñez, que, após ultrapassar Gonçalo Alves, atirou forte e cruzado a contar (1-1).

Equilibrado, o clássico manteve-se com a tendência dos azuis e brancos liderarem o marcador durante o primeiro tempo. Diogo Rafael ainda atirou uma bola à barra da baliza de Tiago Rodrigues, aos 11′, mas no mesmo minuto Ezequiel Mena desfez a igualdade (1-2). Aos 16′ foi Edu Lamas que perdeu o empate na cara do guarda-redes contrário, isto antes de Xavi Barroso, aos 18′, stickar cruzado para o seu segundo golo na partida (1-3).

O FC Porto marcou e o Benfica reagiu de imediato, segundos depois e já no minuto seguinte, por Lucas Ordoñez (2-3). A igualdade chegou de novo aos 20′ por Diogo Rafael, a passe do autor dos dois golos encarnados até então na partida (3-3). Já perto do intervalo, beneficiando de uma tabela,Ezequiel Menaapontou o segundo golo no jogo e o quarto para os nortenhos (3-4).

Que arranque de segunda parte do Benfica! Carlos Nicolía, oito segundos após o recomeço do jogo, saiu disparado para a baliza contrária e igualou a partida (4-4). O domínio dos comandados de Nuno Resende voltou a ter efeitos práticos quando, aos 28′, Diogo Rafael, em posição frontal, bateu o guardião contrário (5-4), colocando as águias na frente do marcador pela primeira vez no desafio.

Gonçalo Pinto, numa fase em que o jogo estava mais aberto, aos 33′, aproveitou da melhor forma um passe de Carlos Nicolía para ampliar (6-4) a vantagem do Benfica no jogo.

Uma perda de bola de Lucas Ordoñez, aos 38′, deixou Di Benedetto isolado frente a Pedro Henriques e este não perdoou (6-5). E aos 43′ foiEzequiel Mena a igualar de novo o jogo (6-6). Rafa, a quatro minutos do final, aos 46′, aproveitou uma bola “perdida” na zona do guarda-redes encarnado e fez mais um golo para os azuis e brancos (6-7). Daí em diante o Benfica procurou o empate, mas o oponente controlou a desenrolar dos acontecimentos.

O Benfica volta a jogar esta quarta-feira, 13 de abril, às 15h15, frente aos espanhóis do CH Caldes no seu segundo jogo no grupo A da Golden Cup. Em caso de triunfo as águias seguem para os quartos de final da competição.

Benfica-FC Porto
6-7
Pavilhão dos Desportos no Riazor
Cinco inicial do Benfica
Pedro Henriques, Diogo Rafael, Edu Lamas, Gonçalo Pinto e Lucas Ordoñez 
Suplentes
Rodrigo Vieira, Carlos Nicolía, Pablo Álvarez, Pol Manrubia e José Miranda 
Ao intervalo3-4
Golos do Benfica
 Lucas Ordoñez (3′ e 19′), Diogo Rafael (20′ e 28′), Carlos Nicolía (26′) e Gonçalo Pinto (33′)

Leave a Reply