Site icon TerceiroAnel.blog

Adel Taarabt aponta armas do Benfica para contrariar favoritismo do Liverpool

Advertisements

Adel Taarabt está de volta, disponível para representar o Benfica e fez a projeção da receção ao Liverpool, desejando que na Luz se faça «um pouco de história».

«Estou bem. Estive fora desde o jogo com o Ajax, trabalhei muito, mas agora estou a cem por cento, sinto-me bem», começou por dizer à BTV.

Que armas tem o Benfica para contrariar o Liverpool? «Não somos favoritos, mas a nossa arma é o coletivo. O Liverpool é muito bom, nós também, sobretudo ofensivamente, por isso espero uma equipa focada.  Podemos conseguir algo, talvez possamos fazer um pouco de história aqui no nosso estádio.»

O Benfica poderá aproveitar o passe vertical? «Sabemos que eles gostam de jogar alto, com a defesa longe de baliza, mas temos jogadores rápidos como o Rafa e o Darwin, outras equipas já nos viram mostrar isso com o Barcelona e o Ajax»

Papel dos adeptos: «Os adeptos vão ser muito importantes, têm um grande papel a desempenhar amanhã, a torcer por nós do primeiro ao último minuto.»

O marroquino reconheceu que poderá ser uma eliminatória especial por ter jogado sete anos em Inglaterra, [Tottenham, Queens Park Rangers e Fulham, entre 2006 e 2015]. «Claro que é especial porque joguei em Inglaterra, mas nada tenho a provar a ninguém, só a mim e ao meu clube. Será especial, joguei lá sete anos, mas não tenho nada a provar.»

Pode o Benfica igualar uma equipa que disputa a Premier League? «Claro, se estamos aqui é porque podemos fazer isso. O Liverpool é uma equipa que respeitamos, mas não temos medo. Vamos dar o nosso melhor para fazer um bom jogo.»

Qual a relevância do ritmo do meio-campo do Liverpool? «Penso que não é apenas o meio- campo, é uma equipa forte em todas as zonas do campo, têm bons jogadores. Vamos dar o melhor para estar ao nível deles e vamos dar o máximo por um bom resultado amanhã.»

Este é um Liverpool diferente daquele que defrontou quando jogou em Inglaterra? «Esta equipa é diferente, joga junta há 4 ou 5 anos, tem dinâmica. Em relação ao meu tempo, era mais inconsistente… esta é bem mais forte.»

Como acompanhar o ritmo? «A boa coisa para nós é que jogamos sempre igual. Eles são de qualidade top, mas nós também, no nosso ataque temos individualidades que podem fazer a diferença, podemos jogar com a nossas forças.»

A defesa tem vantagem em ter Vertonghen e Otamendi, que jogaram na Premier League? «Pode ser importante, mas vamos dar o nosso melhor coletivamente, estar todos focados. O mais importante é estarmos bem e juntos enquanto equipa.»

A seis jornadas do fim da Liga, o Benfica está a nove pontos do Sporting, segundo classificado, mas Adel Taarabt não está preparado para desistir, pelo menos, do objetivo de chegar à segunda posição.

Ainda dá para chegar ao segundo lugar na Liga? «[O campeonato] ainda não acabou, nada está definido. Quando jogamos no Benfica todos os jogos são importantes. Na sexta-feira [derrota com o SC Braga por 2-3] queríamos ter feito o melhor resultado, mas agora estamos concentrados no jogo de amanhã, que é muito, muito importante para nós. Vamos um de cada vez.»

Exit mobile version