Benfica questiona ausência de castigos para Manuel Oliveira e André Narciso

A newsletter do Benfica publicada esta quinta-feira no site oficial das águias volta a insistir no tema da arbitragem, que tem merecido insistentes queixas e críticas por parte dos responsáveis encarnados.

«Os dias passam e continuamos sem saber quanto tempo vão ficar de fora das nomeações Manuel Oliveira e André Narciso, árbitro e videoárbitro, respetivamente, da partida com o Vizela e principais responsáveis pelo erro gritante da grande penalidade por assinalar na área dos vizelenses. Assim como está por esclarecer ainda, nomeadamente através da divulgação pública dos áudios, o que foi dito entre a equipa de arbitragem na avaliação do tal lance», pode ler-se.

Mas há mais: «A transparência é fundamental para que haja confiança. E tem de haver competência também. O VAR chegou com o intuito de auxiliar a muito difícil tarefa de se arbitrar um jogo de futebol, não o de criar mais polémica. É manifestamente incompreensível como são pelo menos nove os pontos sonegados ao Benfica nesta edição do Campeonato por erros de arbitragem clamorosos, facilmente evitáveis caso o VAR tivesse intercedido corretamente conforme lhe compete.»

Leave a Reply