Invasão encarnada ao Johan Cruyjff Arena fez-se notar do início ao fim

O setor visitante estava completamente cheio, num total de três mil adeptos do Benfica (mas alguns deles espalhados por outras zonas das bancadas da Johan Cruyjff Arena). Um apoio significativo dos benfiquistas, em Amesterdão, numa invasão à principal cidade dos Países Baixos que terminou em êxtase, com a passagem aos quartos de final da Liga dos Campeões.

Num estádio à pinha, ou não fosse o primeiro jogo europeu sem restrições de Covid-19 depois do governo dos Países Baixos encerrar tudo em dezembro e janeiro, os adeptos das águias fizeram-se ouvir e foram à loucura com o golo de Darwin, aos 76 minutos.

Após o apito final, quem sofreu mais foram os adeptos das águias que conseguiram bilhete para a bancada central, no meio dos apoiantes neerlandeses. Houve copos de cerveja a voar na direção dos benfiquistas, suportes de copos, bandeiras e tudo o que houvesse. O ambiente aqueceu, mas ficou por aí.

No final, Rui Costa e os jogadores agradeceram o apoio numa noite inesquecível.

Leave a Reply