Site icon TerceiroAnel.blog

Voleibol encarnado foi à Maia vencer o Castêlo local por 3-0

Advertisements

equipa de voleibol do Benfica deslocou-se ao pavilhão do Castêlo da Maia no jogo referente à 13.ª jornada da 2.ª fase da Série A do Campeonato Nacional. Não faltou disputa nesta intensa partida, com vitória do líder encarnado (0-3).

Equilíbrio foi a palavra-chave do encontro que colocou o Benfica frente a frente com o 7.º classificado, uma equipa que, como apontou Lucas França na antevisão à partida, tem vindo a dar cartas na competição. A duas jornadas (13.ª e 14.ª) do final da 2.ª fase da Série A do Campeonato Nacional, as águias entraram em quadra para defender a posição, e de tudo fizeram para o conseguir.

Rotatividade, qualidade na receção e no serviço e dois primeiros sets ganhos pelo Benfica. Contudo, não se interprete que foi tarefa fácil, pois o adversário lutou e esteve no jogo até ao fim. Parciais de 23-25 e 25-27 a colocar os encarnados a vencer por 0-2.

No 3.º set, grande reação do Castêlo da Maia, a igualar o resultado no marcador e a dificultar ainda mais a vida aos comandados de Marcel Matz. As águias estavam decididas em resolver e os anfitriões em reacender e dar a volta à partida. Parcial muito disputado, levado ao limite e resolvido, já nas vantagens, pelo Benfica, que mantém a condição de líder31-33, 0-3 na partida.

Segue-se o dérbi na 14.ª e última jornada da 2.ª fase da Série A do Campeonato Nacional, previsto para as 17h00 do dia 12 de marçosábado, no Pavilhão João Rocha.

DECLARAÇÕES

Marcel Matz (treinador do Benfica): “Estamos na reta final. O Castêlo da Maia melhorou e estabilizou. A vitória era importante para nós, para entrarmos nos play-offs na primeira posição. Perdemos oportunidades no contra-ataque, eles pontuaram aproveitando isso, foram jogando e entrando no jogo. Estes jogos taco a taco também são importantes para ganharmos ritmo.”

Ivo Casas (jogador do Benfica): “Vínhamos preparados para um jogo longo. O Castêlo da Maia cresceu, entrou nesta fase abaixo do nível que costuma apresentar, sabíamos que ia ser complicado. Estivemos quase sempre à frente do resultado, nas vantagens pode haver surpresas, foi até ao limite, mas caiu para o nosso lado”.

Castêlo da Maia-Benfica
0-3
Pavilhão do Castêlo da Maia
Formação inicial do Benfica
Pablo Natan, Peter Wohlfi, Hugo Gaspar, Zelão, Tiago Violas, André Lopes e Ivo Casas (L)
Suplentes
Rapha, Bernardo Westermann, Aaro Nikula, Lucas França, Japa e Bernardo Silva (L)
1.º set2.º set3.º set
23-2525-2731-33

Exit mobile version