SAD do Benfica apresenta saldo negativo superior a 30 milhões de euros

A SAD do Benfica divulgou, esta terça-feira, o Relatório e Contas relativo ao primeiro semestre da temporada. As águias apresentaram um resultado líquido negativo de €31,7 milhões, justificado com a diminuição de €69,4 milhões nas transações dos direitos de atletas, no período homólogo.

No que toca aos rendimentos sem as vendas de jogadores, a SAD encarnada apresentou €95,9 milhões, um aumento em relação aos €53, 5 milhões ao primeiro semestre de 2020/21, o que é justificado pelo rendimento desportivo na fase de grupos da Liga dos Campeões e o regresso do público aos estádios.

Numa perspetiva total dos rendimentos, o Benfica apresenta €102,6 milhões. Um decréscimo de 24 por cento em relação ao mesmo período do ano passado, que tinha sido influenciado pela venda de Rúben Dias ao Manchester City (€68 milhões)

Por último, o passivo reduziu em €9,8 milhões devido à diminuição na rúbrica de fornecedores e outros credores, isto porque as regularizações das dívidas associadas a contratações de jogadores superam os novos compromissos no decurso desta época.

Leave a Reply