Pedrinho e restantes colegas do Shakhtar já sairam da Ucrânia

O treinador do Shakhtar Donetsk, o italiano Roberto de Zerbi, e os jogadores brasileiros do clube já deixaram a Ucrânia, informou, esta segunda-feira, o líder do campeonato ucraniano.

«Os jogadores brasileiros do Shakhtar deixaram a Ucrânia, com as famílias. Ontem [domingo], viajaram de Kiev até à fronteira e hoje (segunda-feira) ultrapassaram-na. Neste momento estão na Roménia. Deixaram o país em conjunto com os jogadores estrangeiros do Dínamo Kiev», precisou o clube do leste da Ucrânia.

O Shakhtar adiantou ainda que a evacuação dos jogadores, na sequência da invasão pela Rússia, só foi possível graças à «intervenção pessoal» do presidente da UEFA, Aleksander Ceferin, bem como dos líderes da Federação Ucraniana de Futebol, Andrii Pavelko, e da Federação Moldova de Futebol, Leonid Oleinichenko.

Dos 11 jogadores brasileiros que alinham no Shakhtar Donetsk, cinco passaram por Portugal: Pedrinho (Benfica), Ismaily (Estoril, Olhanense e SC Braga), Fernando (Sporting), Dodó (Vitória de Guimarães) e Marcos António (Estoril).

A Liga da Ucrânia, que deveria ser retomada nos passados dias 18 e 19, após a pausa de inverno, foi suspensa na quinta-feira, devido à imposição da lei marcial.

A competição é liderada pelo Shakhtar, que atua há já vários anos fora da cidade (o Estádio Olímpico de Kiev tem sido o palco dos jogos da equipa), por ser considerada a capital da região de Donbass, foco inicial da tensão entre os dois países, com dois pontos de vantagem sobre o Dínamo Kiev, campeão em título, decorridas 18 jornadas.

Leave a Reply