Benfica vence em Alcochete e aproxima-se do título de Campeão Nacional de Sub-19

O Benfica foi mais forte e venceu o Sporting, por 0-1, no dérbi de Juniores. O Estádio Aurélio Pereira, em Alcochete, recebeu a 3.ª jornada da fase de apuramento de campeão do Campeonato Nacional. 

Partida muito disputada desde os minutos iniciais, com poucas paragens e muitos duelos individuais na zona central do terreno de jogo. A jogar em casa, o Sporting teve as duas primeiras grandes oportunidades de golo, ambas por Chermiti. A primeira, aos 6′, com o avançado a explorar a profundidade entre o central e o lateral-esquerdo e a rematar para defesa de André Gomes. No minuto seguinte, aos 7′nova disputa entre Chermiti e André Gomes, com o guarda-redes a levar a melhor. 

Benfica tentava pegar no jogo e ter mais posse, fazendo subir as linhas de pressão. Aos 17′, Diogo Spencer ganhou a linha de fundo no corredor direito, João Neves trabalhou bem na área, mas Franculino Djú, ao segundo poste, não emendou por pouco. O jogo entrou depois numa toada mais morna, com o ritmo a baixar e a bola a andar mais longe das balizas. A exceção foi aos 41′, e para o Benfica. Livre direto superiormente marcado por Hugo Félix que teve em Francisco Silva uma resposta à altura entre os postes. Ao intervalo, o 0-0 mantinha-se no marcador. 

A etapa complementar arrancou praticamente com o golo encarnado. Franculino Djú arrancou pela esquerda, assistiu Hugo Félix para o remate na barra. A bola continuou jogável, com Diogo Spencer a endossar para João Neves, que, de pé esquerdo, fez o 0-1, aos 50′. Na frente do marcador, as águias geriam a vantagem com bola, construindo, de forma apoiada, ataques mais longos; os verdes e brancos eram mais verticais e tentavam chegar à área benfiquista mais rapidamente, mas sem critério. 

A 15 minutos do fim do dérbi, as oportunidades de golo regressaram a Alcochete. Aos 76′, novo livre direto de Hugo Félix travado por Francisco Silva. O Sporting respondeu, aos 79′ e aos 81′, com dois cabeceamentos perigosos de Afonso Moreira e Chermiti, mas ambos saíram ao lado. O resultado de 0-1 para as águias manteve-se até final, com o Benfica a seguir invicto nesta fase da prova. 

Sporting-Benfica
0-1
Estádio Aurélio Pereira
Onze do Benfica
André Gomes, Diogo Spencer (90’+1′, Gonçalo Negrão), Tiago Coser, José Müller, Martim Ferreira (74′, Guilherme Montoia), Nuno Félix, Diogo Prioste, João Neves, Hugo Félix (86′, José Marques), Diego Moreira (74′, Ricardo Nóbrega) e Franculino Djú
Suplentes
Thiago Pereira, Guilherme Montoia (74′), Hugo Faria, Gonçalo Negrão (90’+1′), José Marques (86′), Ricardo Nóbrega (74′) e Iuri Moreira
Ao intervalo0-0
Golo do Benfica
 João Neves (50′)

Leave a Reply